Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

De olho na semi, Diá comanda coletivo e começa a definir time titular

Na próxima segunda-feira, às 20h45, a Bolívia Querida vai até a Arena Castelão para iniciar a briga pela final da Série C.

Coletivo foi disputado em ritmo intenso (Foto: Lucas Almeida)

A equipe do Sampaio Corrêa já respira intensamente os ares da semifinal contra o Fortaleza. Na próxima segunda-feira, às 20h45, a Bolívia Querida vai até a Arena Castelão para iniciar a briga pela final da Série C.

A preparação teve prosseguimento na tarde desta quinta-feira, em atividade realizada no Estádio Castelão. O técnico Francisco Diá comandou um coletivo agitado e começou a projetar o time que iniciará a partida.

Sem Esquerdinha, entregue ao departamento médico para tratar um problema muscular, Diá iniciou a movimentação com Jerffeson Recife na lateral esquerda, enquanto Marlon ocupou umas das vagas no meio-campo.

O treinador também observou a atuação de Uilliam no comando de ataque. O jogador se movimentou bastante e marcou dois gols, deixando boa impressão durante a atividade.

O treinador boliviano revelou que tem alguns atletas mais desgastados, e admite até a possibilidade de poupá-los por precaução: “Temos alguns jogadores com alto nível de desgaste muscular, como é o caso do Isac e do Esquerdinha. Ainda estamos analisando, juntamente com a fisiologia e o departamento médico, a condição de cada um. E, se for o caso, poupá-los para não corrermos o risco de perdê-los por um tempo maior”, frisou.

Diá comandou coletivo no Castelão e começou a projetar equipe para a semifinal (Foto: Lucas Almeida)

A equipe Tricolor prossegue com sua preparação na tarde desta sexta-feira. O treinamento está agendado para o CT José Carlos Macieira, a partir das 15h30.