Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Maior cerimônia de casamento comunitário do Estado acontece próximo dia 21 na UFMA

É a maior cerimônia do projeto realizada neste ano no Estado, com a participação de 890 casais.

Corregedora entrega certidão de casamento aos noivos mais jovens, durante edição 2016 do projeto. (Foto: Ribamar Pinheiro)

O Casamento Comunitário de São Luís será realizado no próximo dia 21 (sábado), a partir das 15h, no Centro de Convenções da UFMA, na Avenida dos Portugueses. É a maior cerimônia do projeto realizada neste ano no Estado, com a participação de 890 casais.

Para a viabilização do grande casamento, a Corregedoria Geral da Justiça (CGJ-MA) firmou parceria institucional com órgãos públicos, com o objetivo de garantir a estrutura do evento e os serviços necessários ao atendimento dos casais e seus familiares que vão participar da solenidade, que envolve entorno de 3 mil pessoas.

O evento tem a participação do Tribunal de Justiça de Maranhão, dos cartórios extrajudiciais da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 5ª Zonas de Registro Civil de Pessoas Naturais de São Luís, da Cemar, Caema, Secretaria de Segurança Pública do Estado e do Corpo de Bombeiros.

A cerimônia será presidida pela corregedora geral da Justiça, desembargadora Anildes Cruz, com o auxílio dos juízes corregedores e juízes de direito concelebrantes. Estarão presentes também autoridades convidadas do Tribunal de Justiça do Estado e dos poderes Executivo e Legislativo; do Ministério Público, da Defensoria Pública estadual, da OAB-MA e religiosos.

PROJETO – Instituído em 1999, pela Corregedoria Geral de Justiça do Maranhão, na gestão do desembargador Jorge Rachid, o “Casamentos Comunitários” é um projeto de cidadania, inclusão e justiça social. Em 2013, na gestão do desembargador Cleones Cunha, o projeto foi reformulado pelo Provimento nº 10/2013, que autorizou a abertura, pelos cartórios, de um livro específico para registro de atos necessários à realização dos “Casamentos Comunitários”. A medida possibilitou maior organização dos Cartórios e facilidade ao cidadão em casos de busca pelo registro de casamento.

(CGJ)