Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

10 séries imperdíveis para acompanhar

O JP online selecionou 10 séries para você começar a acompanhar, sem medo de ser feliz. Escolha a sua e inicie a maratona.

Escolher uma série para começar a acompanhar, às vezes, pode se tornar aquela tarefa intricada. As opções são inúmeras e os catálogos apresentados pelas plataformas de streaming ocupam toda a tela.

Algumas dicas são valiosas nesse momento. E, pensando nisso, o JP online selecionou 10 séries para você começar a acompanhar, sem medo de ser feliz. Escolha a sua e pode começar a “maratonar”.

1 – O Jardim de Bronze (2017) 

A série argentina O Jardim de Bronze prende o espectador do início até o fim

Produção argentina original da HBO, é protagonizada por Joaquín Furriel, que dá vida ao arquiteto Fabián Danúbio, que tem sua vida transformada, subitamente, após o desaparecimento da filha de cinco anos.

Baseada no romance homônimo de Gustavo Malajovich, o Jardim de Bronze é uma série magnética, desde o episódio piloto, até o desfecho surpreendente, impactante.

Destaque para as atuações fortes, verdadeiras, que propiciam uma veracidade impressionante à produção.

2 – The Bridge (2011) 

The Bridge é uma série policial intensa e surpreendente

Uma série policial forte, composta por três temporadas, criada por Mans Marlind (diretor de Anjos da Noite 4), que deixa um sabor de quero mais ao fim de cada episódio.

A trama acompanha as investigações realizadas pelas polícias da Dinamarca e da Suécia, que se unem para solucionar um assassinato ocorrido na ponte Øresundsbron. Fato que une os dois países. Saga Noren (Sofia Helin), da Suécia, e Martin Rohde (Kim Bodnia), da Dinamarca, são encarregados pelas investigações. Mas, o que parecia ser um crime simples revela ser algo mais complexo.

Destaque para a fotografia, o clima sombrio que permeia toda a série e o seu desfecho satisfatório.

3 – Homeland (2011) 

Os horrores da guerra retratados fielmente em Homeland

A guerra ao terror move a paranoia americana neste thriller arrasador, composto, até o momento, por seis temporadas eficientes.

O arco dramático de Homeland se consolida de maneira perfeita até a terceira temporada, quando Damian Lewis vive o sargento Nicholas Brody, fuzileiro de guerra que vira prisioneiro da Al-Qaeda, e ganha uma nova vida após Claire Danes assumir o protagonismo da quarta temporada em diante.

Atual, realista e bem escrita, Homeland se sobressai a outros dramas produzidos pós 11 de setembro, e é destaca pelas atuações fortes e altamente verossímeis de todo o elenco.

4 – Bates Motel (2013) 

Muito suspense em volta de Bates Motel

Trata-se de um um prólogo contemporâneo para o filme Psicose. A série se passa antes dos eventos retratados no filme de Alfred Hitchcock. A trama tem início após a morte do marido de Norma, quando ela adquire um motel localizado em uma cidade costeira chamada White Pine Bay.

Mistério, drama crimes, são alguns dos ingredientes desta série envolvente. Cinco temporadas produzidas, inúmeros prêmios e incontáveis críticas favoráveis. Bates Motel é a certeza de maratonas sem fim.

5 – Outlander (2014)

Outlander e a paixão que atravessa o tempo

  O passado move o presente e é determinante para o futuro nesta produção de Ronald D. Moore, baseada nos livros de Diana Gabaldon.

A inglesa Claire Randall foi enfermeira durante a Segunda Guerra Mundial. Após encerrar sua missão nas enfermaria dos campos de batalha, retorna para casa e retoma a vida ao lado do marido, Frank.

Em férias na Escócia, Claire vive uma aventura inesperada, presenciando o passado bem diante dos seus olhos, sozinha, no ano 1743, durante os levantes jacobitas. Ambiente impreciso que lhe apresenta o jovem Jamie, guerreiro escocês que mudará a sua vida para sempre.

6 – Epitáfios (2004) 

Os mistérios de Epitáfios, série estraçalha nervos da HBO

Composta por duas temporadas intensas, Epitáfios é uma produção argentina da HBO, estrelada com maestria por Júlio Chavez e Cecília Roth. Uma série policial de impacto psicológico feroz, que envolve o espectador por meio de um enredo eficaz, cheio de suspense.

No episódio piloto, Renzo Márquez (interpretado com firmeza impressionante por Julio Chávez), é um policial que abandona as funções após não conseguir evitar que crianças morram em um incidente em uma escola local. Fatos perturbadores obrigam Renzo a abandonar sua vida pacata de taxista e voltar à ativa para desvendar um mistério assustador.

Destaque para a alta qualidade de imagem, cenários envolventes e um elenco eficiente. Duas temporadas intensas, que prendem, afrontam e comovem.

7 – The Crown (2016) 

A realeza presente em The Crown

Trata-se da produção mais cara da Netflix, e vale cada centavo do investimento. A trama se passa no Reino Unido, e narra a vida da desde o seu casamento, ocorrido em 1947, até aos dias atuais.

A primeira temporada contém dez episódios, aclamados por crítica e público, com atuações marcantes, além da direção, roteiro e fotografia como destaques.

A atuação de Claire Foy como a personagem principal e John Lithgow, como Winston Churchill, são um dos pontos fortes da série. A segunda temporada está prevista para estrear em 8 de dezembro de 2017.

8 – The Americans (2013) 

O jogo de espiões elétrico em The Americans

Uma das séries mais aclamadas da atualidade, The Americans conta a história de dois espiões da KGB que fingem ser um casal americano convencional em Washington em plena Guerra Fria.

Vivendo um casamento de fachada, os dois espiões Elizabeth (Keri Russell, de Felicity) e Phillip (Matthew Rhys, de Brothers & Sisters) começam a se aproximar emocionalmente a cada dia que passa. Uma relação que começa a ficar perigosa para ambos, e se agrava quando um novo vizinho — um agente do FBI — se muda para a casa ao lado.

Desenvolvida em cinco temporadas repletas de mistério, ação e suspense, The Americans é uma série viciante, impossível de ser ignorada após o primeiro episódio.

9 – The Leftovers (2014)

Medo e mistério em The Leftovers

Damon Lindelof foi um dos criadores de Lost. Ele usa toda sua especialidade dramática para levar o livro de Tom Perrota à televisão, com ares de excelência.

A trama tem início quando 2% da população desaparece abruptamente, sem nenhuma explicação. O mundo todo luta para entender e aceitar o que aconteceu. Três anos depois desse evento traumático, a série acompanha a vida de quem foi deixado para trás, os “leftovers”.

Envolvente e misteriosa, The Leftovers vale cada episódio das três temporadas. O medo é uma constante nesta série impactante.

10 – Mad Men (2007) –

O charme de Mad Men não pode ser ignorado

Sete temporadas incansáveis na vida de Don Draper (Jon Hamm), durante os charmosos anos 60. Tem como cenário a agência de publicidade  fictícia Sterling Cooper, localizada na Madison Avenue em Nova York.

Draper é o centro das atenções. Atrai clientes importantes, mostra-se bem sucedido, mas esbarra em suas fraquezas, que o jogam nos braços do alcoolismo e envolto de uma vida desregrada.

Premiada e cheia de estilo, Mad Men é indispensável para qualquer fã de uma boa série. Certamente, ficará guardada na memória de quem já viu, e de quem ainda verá.