Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Centro de Distribuição do Grupo Mateus vai gerar mais de mil empregos em São Luís

No total, estão sendo investidos R$ 220 milhões, gerando 600 empregos diretos e 200 indiretos na obra, e 1.200 empregos na operação total a partir de dezembro de 2017.

Foto: Reprodução

O secretário de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, visitou sábado (2), o novo Centro de Distribuição (CD) do grupo Mateus. O empreendimento é o primeiro instalado no Parque Empresarial de São Luís e deve gerar mais de mil de empregos.

No total estão sendo investidos R$ 220 milhões, gerando 600 empregos diretos e 200 indiretos na obra, e 1.200 empregos na operação total a partir de dezembro de 2017.

O novo Centro, que deve ser inaugurado em 15 de dezembro, será o maior da empresa, que possui diversas redes de lojas nos estados do Maranhão, Piauí e Pará.

“Este empreendimento contou com apoio do Governo do Estado. Essa é mais uma empresa que está se instalando no Parque Empresarial de São Luís”, destacou Simplício Araújo.

O secretário afirmou que os investimentos que estão se instalando no Maranhão fazem parte dos trabalhos de fomento e atração aos negócios, realizados por meio de diálogo e transparência. “Todo esse cenário faz parte da prospecção de investimentos e ambiência favorável aos negócios”, ratificou.

Geração de emprego

Durante todo o mês de dezembro, a loja do grupo Mateus, no bairro da Cohama em São Luís, terá seu horário estendido. A medida refletiu na contratação de mais de 200 pessoas para atuarem na unidade. De segunda a sábado o horário de atendimento será até às 0h e no domingo segue até às 22h.

Mais Investimentos

Além da visita ao CD do grupo Mateus, Simplício Araújo, acompanhado de gestores da Seinc e do Presidente da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Estado do Maranhão (Aged), percorreram as futuras instalações da Multitrans, empresa do ramo de logística.

Com um aporte de R$ 80 milhões em investimentos, o empreendimento deve gerar 120 empregos diretos e 20 indiretos durante as obras e aproximadamente 250 empregos na operação total a partir de dezembro de 2018.