Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Assinada autorização para transito intermunicipal de produtos de origem animal na região metropolitana

A ideia é combater o abate clandestino, fortalecer e incentivar os SIM’s para cada cidade e ampliar o acesso dos consumidores a produtos com sanidade e qualidade garantidas.

Solenidade de assinatura no Palácio dos Leões. (Foto: Divulgação)

A medida autoriza o livre comércio de produtos de origem animal entre os treze municípios que integram a região e que possuem o Selo de Inspeção Municipal (SIM). A ideia é combater o abate clandestino, fortalecer e incentivar os SIM’s para cada cidade e ampliar o acesso dos consumidores a produtos com sanidade e qualidade garantidas.

A Instrução Normativa Nº 001, foi proposta pela Agência Executiva Metropolitana e assinada na tarde desta quarta-feira 6, no Palácio dos Leões. O presidente da Agência Executiva Metropolitana, Pedro Lucas Fernandes, destacou a importância da assinatura que “não só vai dar legalidade ao produto que já vinha sendo consumido nos municípios da região metropolitana, como vai incentivar outros municípios além de São Luís a ter um selo do Sim, podendo ampliar o comércio, afinal somos 1 milhão e meio de habitantes, então tem mercado pra isso”, disse.

A autorização para o trânsito intermunicipal dos produtos e subprodutos de origem animal também foi assinada por representantes da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED) e da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Pesca(SAGRIMA). “O objetivo do Governo do Estado é incentivar o comércio de produtos adequados às normas de inspeção, beneficiando diretamente o setor produtivo “, ressaltou o Secretário Márcio Honaiser, da SAGRIMA.

Apenas em São Luis, 41 estabelecimentos são devidamente registrados com o Selo de Inspeção Municipal (SIM), como frigoríficos, supermercados, e clínicas animais. “Mais uma importante vitória também na ação de combate ao abate clandestino, onde os 41 estabelecimentos registrados pela Defesa e Inspeção Sanitária da Semapa em São Luís poderão comercializar seus produtos com garantia de qualidade e segurança alimentar para a população, abrangendo o número de municípios, com maior escoamento nas vendas e aumentando a geração de trabalho e renda na capital”. Destacou o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues.

Para a ocasião foram convidados os representantes dos estabelecimentos que possuem o SIM, que serão diretamente beneficiados pela medida, além de representantes das Prefeituras de todos os municípios contemplados, sendo eles: Alcântara, Axixá, Cachoeira Grande, Icatu, Morros, Presidente Juscelino, Bacabeira, Paço do Lumiar, Raposa, Rosário, Santa Rita, São José de Ribamar e São Luís.

O presidente da AGED, Sebastião Anchieta, ressaltou que “Essa assinatura é mais um importante passo do governo para a questão do abate clandestino, levando a mesa do consumidor maranhense alimentos devidamente inspecionados.”

 

(AGEM)