Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Grêmio inicia sonho do segundo título mundial contra o Pachuca

Equipe do técnico Renato Portaluppi enfrenta os mexicanos às 15h.

Renato garante que foco do Grêmio está na semifinal (Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio)

O Grêmio inicia nesta terça-feira a busca pelo bicampeonato Mundial. A estreia do Tricolor Gaúcho será diante do Pachuca pela semifinal do torneio, no estádio Hazza Bin Zayed, às 15h (de Brasília).

Este será o primeiro duelo entre as duas equipes na história. O retrospecto gremista contra times mexicanos é de 55% de aproveitamento. Ao todo foram 20 partidas, com nove vitórias, seis empates e cinco derrotas.

A dúvida para o técnico Renato Portaluppi durante toda a semana foi sobre o substituto do garoto Arthur. O volante sofreu um entorse no tornozelo esquerdo na final da Libertadores e, sem condições de atuar, foi cortado da lista do Mundial. O treinador gremista deve optar por iniciar o jogo com Michel no lugar do companheiro. Assim, Maicon inicia a partida no banco de reservas. O zagueiro Pedro Geromel, que sentiu desconforto no ombro após o título da Libertadores, está recuperado e volta a formar a dupla defensiva com o argentino Walter Kannemann.

Para o técnico Renato Portaluppi, o time mexicano deve mostrar um futebol diferente do que apresentado nas quartas-de-finais contra o Wydad Casablanca. “Não fique pensando que de repente o Pachuca não mostrou um grande futebol na partida deles, que é aquele Pachuca. Cada jogo é um jogo. Eu acho que a gente precisa analisar o adversário não em 90 minutos. A gente sabe que é o jogo da vida deles, mas pode ter certeza que vai o jogo da nossa vida também. Então, a gente estudou bem o nosso adversário. O nosso único pensamento é somente no Pachuca. Nós estamos um pouco ansiosos até pela demora da partida, mas pode ter certeza que o Grêmio está totalmente preparado”, observou Renato.

O Pachuca suou para chegar na semifinal. A equipe mexicana venceu o Wydad Casablanca por 1 a 0 e o único tento da partida foi marcado no segundo tempo da prorrogação. Diante do Grêmio, os Tuzos tentaram chegar pela primeira vez na final do Mundial. Para isso, o técnico Diego Alonso deve repetir a escalação da última partida.

O treinador dos Tuzos destacou que quer fazer história e colocar pela primeira vez um clube da CONCACAF na final do Mundial. “Temos um desafio muito grande. Teremos uma partida para fazer história, pois nenhuma equipe da Concacaf que veio pro Mundial chegou na final. Tivemos muita lição depois da última partida, então, podemos fazer essa história e todos os jogadores merecem isso”, destacou Diego Alonso.

O vencedor do confronto desta terça-feira garante vaga na final do Mundial de Clubes e vai enfrentar o ganhador da partida entre Real Madrid e Al Jazira. Os dois times vão se enfrentar nesta quarta-feira, às 15h (de Brasília). A decisão do Mundial será disputada no sábado, às 15h (horário de Brasília), no estádio Zayed Sports City, em Abu Dhabi.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO X PACHUCA (MEX)

Local: Estádio Hazza Bin Zayed, em Al Ain (EAU)

Data: 12 de dezembro de 2017, terça-feira

Horário: 15h (horário de Brasília)

Árbitro: Félix Brych (ALE)

Assistentes: Mark Borsch (ALE) e Stefan Lupp (ALE)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Walter Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Jailson, Ramiro, Luan e Fernandinho; Lucas Barrios

Técnico: Renato Portaluppi

PACHUCA (MEX): Oscar Pérez; Joaquín Martínez, Robert Herrera, Óscar Murillo e Emmanuel García; Jorge Hernández; Urretaviscaya, Honda, Gúzman, Aguirre; Sagal.

Técnico: Diego Alonso

 

(Terra / Autor: Eduardo Bertuol)