Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Dos homicídios ocorridos no Maranhão, 50% são solucionados em até 72 horas

O número refere às investigações deste ano e superam em 25% o índice de resolutividade, se comparado com o ano passado.

Com o programa Pacto Pela Paz comunidade assume papel de protagonismo na efetivação da cultura de paz. (Foto: Divulgação)

Do total de casos de homicídios ocorridos no Maranhão, 50% são solucionados em até 72 horas. O número refere às investigações deste ano e superam em 25% o índice de resolutividade, se comparado com o ano passado. A agilidade na identificação da autoria é atribuída a medidas do Governo do Estado na criação de novas instituições, melhoramento da estrutura, aquisição de equipamentos e valorização do policial.

“Os investimentos realizados pelo Governo do Estado na estrutura da Polícia Civil, assim como em todo sistema de segurança, têm garantido condições mais adequadas para a investigação e maior resolutividade das ocorrências”, pontuou o delegado geral de Polícia Civil, Leonardo Diniz.

A investigação se tornou mais qualificada com a criação da Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), órgão da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA). “São medidas de efeito imediato do Governo, pois agilizaram de fato as investigações e com esse aparato a polícia tem conseguido elucidar mais casos e prender mais autores, fazendo justiça à família das vítimas”, reforçou o titular da SHPP, Lúcio Reis.

A SHPP agrega o Departamento de Homicídios da Capital (DHP); Departamento de Proteção à Pessoa (DPP), que investiga os latrocínios e desaparecimentos; a Delegacia Móvel, que atende o caso no local e funciona 24 horas; e o Plantão Central de Homicídios, com média de 60 registros por mês e os encaminha às delegacias de área – Norte, Sul, Leste e Oeste.

“A integração do plantão às delegacias tornou mais ágil a investigação. Todos estes órgãos criados no atual governo garantem maior efetividade na solução destes casos”, reforçou o delegado. Ainda, o Serviço de Inteligência com apoio do Centro Integrado de Polícia e Segurança (Ciops), Instituto Médico Legal (IML) e Instituto de Criminalística (Icrim), que somam nas investigações.

O êxito na solução dos casos é também fruto do trabalho integrado das polícias e a execução de uma série de operações. “O planejamento de trabalho e a força tarefa policial resultam nessas elucidações a curto prazo. A Segurança Pública e todo o aparato do Estado nesta área tem sido colocados à disposição, sempre que necessário, e garantido resultados nas operações”, reiterou o superintendente de Homicídios.

Mais Medidas

Integrando o Pacto pela Paz, o Governo promove ações de segurança pública com fins a reduzir os índices de violência e disseminar a cultura de paz. Criado pelo governador Flávio Dino, por meio da Lei N° 10.387, o projeto reúne poder público estadual, sociedade civil e cidadãos em geral. A especialização das investigações e aumento do efetivo especificamente para tratar destes casos são outras medidas de Governo que contribuíram para os bons resultados.

Desde o primeiro ano da atual gestão são colocadas em prática ações e operações de combate direto a esta criminalidade, com o objetivo de frear o avanço dos casos, concluiu o titular da SHPP, Lúcio Reis.

 

(Secap)