Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

6 dicas para evitar erros no famoso ‘projeto verão’

Para quem é sedentário e decidiu se exercitar, não é preciso ter cuidado apenas com lesões.

© Foto: Pixabay

Com a chegada da estação mais quente do ano a busca por meios de emagrecimento se torna algo recorrente. E é aí que surgem os erros mais comuns do projeto verão, que podem prejudicar a saúde e dificultar a obtenção de melhores resultados.

Para quem é sedentário e decidiu se exercitar, não é preciso ter cuidado apenas com lesões. A saúde cardíaca também é um fator determinante para atletas iniciantes. É o que alerta o médico do esporte, Renato Estrella – especialista em Fisiologia do Exercício e Reabilitação Cardíaca do CECAM. O especialista elenca abaixo um passo a passo para quem decidiu começar a se exercitar.

1. AVALIAÇÃO FÍSICA: o especialista explica que a avaliação física é fundamental para qualquer pessoa que comece uma atividade e deve ser bem feita, não apenas “protocolar”. É nela que os riscos cardiovasculares e osteomusculares serão identificados

2. SINAIS DE ALERTA: o projeto verão faz com que muita gente desenvolva a síndrome do overtraining. Dor ou desconforto no peito durante a atividade física, cansaço desproporcional e desmaio devem ser imediatamente comunicados ao médico. Lembre-se de que qualquer treinamento deve ser ministrado por um profissional de educação física de confiança

3. HISTÓRICO DO PACIENTE: algumas pessoas precisam de mais cuidados, como as que usam certos tipos de medicações ou possuem histórico de doenças pessoais e familiares, principalmente relacionadas a problemas cardiovasculares como hipertensão, diabetes, colesterol alto e morte súbita

4. AJUDE SEU CORAÇÃO: nunca faça atividades em jejum e procure sempre se hidratar principalmente nos dias mais quentes

5. RESPEITE SEUS LIMITES: na ânsia de ficar em forma para o verão, muitos extrapolam e podem ter problemas de saúde. Por questões biológicas, o estímulo não deve ultrapassar os limites fisiológicos da pessoa. “Uma série de fatores genéticos vão guiar a resposta do seu corpo em relação ao exercício e você deve saber respeitar isso. Não adianta você querer ser forte e ter aquela aparência hipertrofiada se seu organismo não nasceu para isso”, explica Estrella

6. CHEGA DE PROJETO VERÃO: “Exercício físico é remédio e não tem idade. Idosos, crianças, todos devem praticar uma atividade física de forma constante e progressiva, e não apenas para estar bonito para o verão”. Portanto, aproveite o embalo da mudança de hábitos e inclua-os para sempre em sua vida

Já sabe como evitar os erros mais comuns do projeto verão? Então não deixe de compartilhar com os amigos essas dicas para curtir a estação com saúde.

 

(Sport Life Brasil / Autor: Victor Moura)