Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

O agregador Tira-Teima no palco histórico do Desterro

Regional é o anfitrião do penúltimo sarau desta temporada do projeto RicoChoro ComVida na Praça, que acontece sábado (6) no Largo da Igreja do Desterro.

Regional Tira-Teima. (Foto: Divulgação)

No próximo sábado (6) o Largo da Igreja do Desterro, no bairro homônimo, será o palco da primeira edição de RicoChoro ComVida na Praça em 2018 – é a penúltima edição desta temporada do projeto.

O grupo anfitrião da noite será o Regional Tira-Teima, mais antigo grupamento de Choro em atividade no Maranhão, pelo que recebeu a Medalha do Mérito Legislativo João do Vale, outorgada pela Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, por iniciativa do Deputado Bira do Pindaré.

A noite certamente terá sabor especial: foi na sacristia da secular Igreja do Desterro que o Regional Tira-Teima, então com outra formação, acompanhou o compositor Chico Maranhão durante os quatro dias de gravação do antológico “Lances de Agora” (Discos Marcus Pereira, 1978).

Atualmente o grupo é formado por Serra de Almeida (flauta), Zé Carlos (pandeiro), Francisco Solano (violão sete cordas), Sadi Ericeira (cavaquinho centro) e Paulo Trabulsi (cavaquinho solo), este, o único remanescente da formação original. Somente em 2016 o grupo lançou seu disco de estreia, “Gente do Choro”.

No sarau de RicoChoro ComVida na Praça, que acontece sábado (6), a partir das 19h, o Regional Tira-Teima terá como convidados os cantores Zeca do Cavaco (seu eventual integrante, chegou a participar de “Gente do Choro”) e Dicy.

Acompanhados pelo Regional Tira-Teima, Zeca e Dicy farão shows separados, mas devem se encontrar no palco em algum momento da apresentação. A seu modo, são artistas de timbres raros, cujo talento é reconhecido pelo público. Ambos têm anos de bons serviços prestados à boa música.

Zeca do Cavaco descende da linhagem nobre de Paulinho da Viola e Geraldo Pereira, canta e toca cavaquinho com categoria e ainda deve ao fã clube um disco solo com seu vozeirão. Dicy começou a cantar em movimentos da Igreja Católica no interior do Maranhão. Descoberta pelo músico Wilson Zara, integrou o grupo vocal Flor de Cactus, que obteve sucesso em festivais de música popular no Maranhão. Depois saiu em carreira solo. Mais ligada ao universo reggae, lançou, em 2016, “Rosa Semba”, seu disco de estreia. Nesta apresentação (com)provará que, no entanto, não cabe em rótulos.

Durante sua apresentação, o Regional Tira-Teima contará ainda com as participações especiais de Gabriela Flor (voz e pandeiro) e Chico Neis (voz e violão seis cordas), talentos catarinenses radicados em São Luís. O espírito agregador do grupo dialoga perfeitamente com a proposta de “atrito” do projeto RicoChoro ComVida na Praça, o estímulo a encontros entre a diversidade e entre gerações distintas da cena musical brasileira.

E por falar em diversidade, por último mas não menos importante: o DJ da noite será Joaquim Zion, um dos mais competentes da cena do Maranhão quando o assunto é pesquisa. A quem o vê e ouve tocando, parece pura diversão. Mas antes de ele botar o público para dançar há um árduo trabalho, sobretudo quando o assunto é música negra, campo no qual ele é um especialista.

RicoChoro ComVida na Praça é uma realização de Eurica Produções e RicoChoro Produções, com patrocínio de TVN, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Maranhão.

Serviço

O quê: RicoChoro ComVida na Praça

Quem: Regional Tira-Teima, Zeca do Cavaco, Dicy, DJ Joaquim Zion e participações especiais de Gabriela Flor e Chico Neis

Onde: Largo da Igreja do Desterro

Quando: 6 de janeiro (sábado), às 19h

Quanto: grátis

Informações: facebook.com/ricochorocomvida

Patrocínio: TVN, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Maranhão

Carregando