Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Radialista é assassinado a facadas na cidade de Coelho Neto

O também locutor pilotava uma motocicleta Honda Biz de cor vermelha, quando foi abordado pelo suspeito no bairro São Francisco.

Ramyllson trabalhava em uma rádio da cidade e também era locutor. (Foto: Divulgação)

Por Nelson Melo

Um locutor e radialista de nome Ramyllson Barros, o “Carlos Show”, que tinha 19 anos, foi assassinado na madrugada desta segunda-feira (15) no município de Coelho Neto, na região central do Maranhão. Conforme apurado pelas polícias Militar e Civil, ele estava em uma motocicleta, quando foi abordado por um homem, que o esfaqueou, mas não levou nenhum pertence da vítima.

De acordo com informações do delegado Sidney Tenório, da Delegacia de Coelho Neto, Ramyllson, que era homossexual, recebeu as facadas no bairro São Francisco, sendo que, após receber os golpes, ainda conseguiu fugir do suspeito, mas caiu desmaiado na pista da MA-034. Em seguida, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) compareceu ao trecho da rodovia estadual e conduziu o radialista ao Hospital Casa de Saúde e Maternidade, na mesma cidade, mas não resistiu minutos seguintes.

O locutor pilotava uma motocicleta Honda Biz de cor vermelha, segundo apurado pela equipe de investigadores. O delegado disse que a hipótese de homicídio doloso é mais forte do que a de tentativa de latrocínio, pois nenhum dos seus pertences foi subtraído. A vítima trabalhava em uma rádio da cidade e foi vista bebendo em um bar de Coelho Neto com um desconhecido, momentos antes de ser atacada pelo suspeito.

 

Carregando