Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Prazo para eleitor regularizar situação eleitoral encerra em 9 de maio

Quem não regularizar a situação eleitoral até 9 de maio não poderá votar nas eleições 2018.

(Foto: Reprodução)

O fórum eleitoral de São Luís funciona há cerca de 1 ano no Lusitana Mall, no retorno da Cohama, no horário das 13h às 19h, sendo que neste mês de janeiro o expediente está reduzido para das 13h às 18h.

Nesta terça, 16 de janeiro, o corregedor regional eleitoral do Maranhão, desembargador Cleones Cunha, esteve no local para conhecer a estrutura disponibilizada aos eleitores e servidores da capital, além de conversar com os juízes titulares das zonas.

Reunidos, o corregedor e os magistrados Manoel Matos de Araújo Chaves (89ª zona e diretor do Fórum), Nelson Ferreira Martins Filho (2ª zona), Alice Prazeres Rodrigues (3ª zona) e Maria José França Ribeiro (76ª zona) conversaram sobre campanha de divulgação do prazo de fechamento de cadastro – que este ano será em 9 de maio, cumprimento de mandados e requisição de servidores, entre outros assuntos.

Quem não regularizar a situação eleitoral até 9 de maio não poderá votar nas eleições 2018, ficando impedido de obter certidão de quitação que é necessária para assumir cargo público, tirar passaporte, regularizar CPF ou matricular-se em instituições de ensino superior. Se funcionário público pode haver ainda problema para receber salários.

Os eleitores irregulares são aqueles que não realizaram o recadastramento biométrico obrigatório, os que deixaram de votar ou justificar em alguma eleição. Para a Justiça Eleitoral, cada turno é considerado uma eleição.

No fórum eleitoral de São Luís funcionam 30 guichês de atendimento, além dos cartórios das 6 zonas de São Luís, onde podem ser solicitados serviços de alistamento (1º título), emissão de 2ª via, certidões, entre outros.

 

(TRE-MA)