Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Razer Phone: saiba curiosidades do celular que deu o que falar

Smartphone voltado para jogadores tem tela com tecnologia inédita que favorece gráficos de ação. Ficha técnica inclui RAM de 8 GB.

O Razer Phone é o primeiro celular da empresa conhecida por fabricar computadores e equipamentos voltados ao público gamer. O smartphone roda o sistema Android e tem tela Quad HD de 5,7 polgadas, com tecnologia para melhorar o desempenho em jogos. A ficha técnica inclui componentes avançados para garantir que títulos pesados rodem com facilidade. Áudio estéreo e dual camera são outros destaques do telefone.

Apesar de não ter sido anunciado no Brasil, o celular da Razer despertou a curiosidade dos entusiastas de jogos. A seguir, veja uma lista com as principais curiosidades sobre as especificações do smartphone.

A Razer surpreendeu ao apresentar o Projeto Linda na CES 2018. O equipamento é um notebook híbrido, 2 em 1, que traz suporte ao smartphone – no caso o Razer Phone – no lugar do trackpad. Encaixado, o telefone serve como uma espécie de cérebro para o computador.

O projeto ainda está em fase beta, e em testes apresentou falhas no reconhecimento de múltiplos toques no trackpad. Mas para quem gosta de visualizar as informações do smartphone em uma tela maior, promete ser um bom aliado.

Taxa de atualização de 120 Hz

O Razer Phone foi o primeiro celular do mundo a contar com taxa de atualização de 120 Hz na tela. E o que isso quer dizer? Basicamente, o número de vezes por segundo que a tela é atualizada é o dobro do encontrado em outros celulares (60 Hz), sendo o Razer Phone capaz de exibir até 120 quadros por segundo, o que é bom para jogos, principalmente os de ação.

Essa tecnologia costuma ser empregada em monitores e televisões.

Razer Phone tem 8 GB de RAM e tela de 120 Hz (Foto: Divulgação/Razer)

Snapdragon 835

Sendo um smartphone voltado para o público gamer, o Razer Phone traz hardware top de linha. O processador da Qualcomm é o Snapdragon 835, o mesmo usado em smartphones potentes como Sony Xperia XZ1 e Moto Z2 Force, da Motorola. O componente tem oito núcleos rodando com velocidade de até 2,35 GHz.

Memória RAM de 8 GB
A memória RAM de 8 GB do celular da Razer acompanha o processador. Com essa configuração, o telefone deve ser capaz de rodar até jogos e aplicativos mais pesados sem dificuldade.

Essa especificação ainda não é comum, principalmente no mercado brasileiro. O primeiro celular do mundo a contar com 8 GB de RAM foi lançado há menos de um ano, o Nubia Z17, da subsidiária ZTE. No Brasil, aparelhos à venda que chegam perto dessa especificação são o Galaxy Note 8, o Moto Z2 Force e o Zenfone 4, todos com 6 GB.

Bateria de 4.000 mAh
Para quem passa horas jogando no smartphone, a duração da bateria é outro quesito essencial. Com 4.000 mAh de capacidade, o Razer Phone deve aguentar um dia inteiro de uso moderado sem dificuldade.

Outros aparelhos com alta capacidade no mercado brasileiro são Galaxy A9 (5.000 mAh), Moto E4 Plus (5.000 mAh), Galaxy S8 Plus (3.500 mAh) e Zenfone 4 Max (5.000 mAh).

Para ter uma boa capacidade da bateria, alguns itens precisaram ser sacrificados no Razer Phone, como é o caso da entrada P2 – aquela tradicional com 3,5 milímetros – para fones de ouvido. A ausência não é uma novidade no mundo dos smartphones. Desde o iPhone 7, por exemplo, os celulares da Apple não contam mais com o conector.

Para usar fones de ouvido no telefone Razer é preciso investir em um modelo Bluetooth ou usar um adaptador para USB-C. A qualidade, segundo a fabricante, consegue ser superior graças à liberação do espaço para outros componentes. Um exemplo é o conversor dedicado de 24 bit com certificado THX – marca conhecida no universo do cinema por oferecer reprodução de áudio fiel ao que é produzido nos estúdios.

Caixa de som estéreo
Por falar em áudio, esse é um ponto em que o Razer Phone ganha elogios. São dois alto-falantes frontais com tecnologia Dolby Atmos, capazes de emitir som estéreo e proporcionar a imersão necessária na hora de assistir a filmes ou jogar. A Razer acertou em cheio ao apostar nesta tecnologia, que a coloca à frente de concorrentes importantes, como Samsung.

Roda Nova Launcher do Android
O Razer Phone sai de fábrica com o Android 7 Nougat, mas deve receber o Android 8 Oreo em breve. O aparelho vem com a Nova Launcher pré-instalada, servindo como uma espécie de interface customizável.

Com a Nova Launcher, o usuário pode personalizar diversos aspectos do Android como temas, cores, ícones, efeitos de transição e de rolagem de tela, além de poder criar atalhos que acionam telas específicas do aplicativo configurado. Assim, é possível acessar as chamadas perdidas do telefone em apenas um toque, por exemplo.

Preço e disponibilidade
A Razer não confirmou o lançamento do seu smartphone no Brasil. Quem quiser adquirir o aparelho no mercado americano deverá importar o dispositivo pelo preço de US$ 699, cerca de R$ 2,3 mil em conversão direta e sem considerar impostos.

Gastando aproximadamente o mesmo, é possível comprar no Brasil aparelhos como o Moto Z2 Force, também com Snapdragon 835 e 64 GB de espaço interno, mas com 6 GB de RAM.