Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Mulher mata sargento da PM após discussão em Açailândia

O crime foi praticado pela própria esposa da vítima, Gabriela Ferreira da Costa, que cometeu o assassinato depois de uma crise de ciúmes do marido.

O sargento era lotado no 26º BPM e foi morto pela companheira. (Foto: Divulgação)

Por Nelson Melo

Na cidade de Açailândia, no oeste do Maranhão, um sargento da Polícia Militar foi morto com disparos de arma de fogo na madrugada desta quarta-feira (31), tendo sido identificado como Araújo, seu nome de guerra. O crime foi praticado pela própria esposa da vítima, Gabriela Ferreira da Costa, de 18 anos e que cometeu o assassinato depois de uma crise de ciúmes do marido.

O 26º Batalhão de Polícia Militar (BPM) informou que Gabriela e o sargento se desentenderam por volta das 4h, na residência do casal, e, no calor da discussão, a suspeita se apoderou da pistola dele e o matou com os disparos. Depois, ela rendeu um vigilante e o obrigou a levá-la até a Praça da Bíblia, confessando que tinha acabado de matar o militar. A autora do assassinato só foi presa no início da manhã, por volta das 6h, ainda com a arma de fogo do policial, dentro de uma van, fugindo para Buriticupu.

Na delegacia, Gabriela narrou que, momento antes da discussão, os dois estavam bebendo cerveja. E que ele, após verificar mensagens trocadas por ela com outro homem no Facebook, pediu explicações, ao que gerou a briga. Quando o sargento colocou a arma na cama, a jovem disse que pegou a pistola rapidamente e atirou no marido, que correu para o banheiro, mas, lá, a suspeita apertou o gatilho outras seis vezes.

O coronel Diniz, comandante do 26º BPM, lamentou a morte do sargento e frisou que o batalhão está de luto devido a esta perda.

 

Carregando