Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Ezfly é um hoverboard que promete voar até 3 quilômetros de altura

Veículo movido a gasolina pode chegar a 3 quilômetros de altura e atingir 130 km/h

Foto: Reprodução

O Ezfly é um novo modelo de hoverboard que tem feito sucesso na Internet por conseguir voar guiado por um condutor. O skate tem propulsores a jato que dispensam o uso de fios ou outros dispositivos externos. Além disso, o veículo, que ainda está em fase de protótipo, promete atingir 130 km/h e chegar a 10 mil pés, cerca de 3 quilômetros de altura.

O produto está sendo desenvolvido pelo inventor francês Franky Zapata, conhecido por criar transportes que usam propulsão aquática para recreação. O Ezfly ainda não tem data de lançamento prevista, mas já desperta o interesse para o uso militar. A estimativa é de que seu preço seja por volta de US$ 250 mil, algo em torno de R$ 795 mil, em conversão direta.

O projeto está em desenvolvimento pelo menos desde 2016. Naquele ano, Zapata mostrou uma versão preliminar do seu veículo aéreo, chamado de Flyboard Air. O Ezfly, no entanto, ganhou algumas melhorias em relação ao modelo anterior, como um apoio de mãos para oferecer um maior equilíbrio.

O hoverboard traz um conjunto de sete propulsores a jato: cinco na parte inferior da plataforma e dois localizados nas laterais. O consumo é estimado em 3,7 litros de gasolina por minuto. Mais detalhes técnicos, como o tempo de autonomia, ainda não foram revelados. A nível de comparação, a versão anterior tinha uma duração estimada de 10 minutos de uso.

Uma das vantagens do Ezfly é a facilidade de controle. O modelo faz curvas, acelera ou diminui a velocidade apenas com o peso do corpo, semelhante ao segways. Além disso, ele também vem com um algoritmo que promete garantir a estabilidade no ar.

Segurança
Não há expectativa de que, em um futuro próximo, modelos deste tipo se tornem uma alternativa de transporte para a população. Isso está relacionado principalmente a questões de segurança, já que é pouco provável alguém voar em um tipo de skate a 3 quilômetros de altura sem qualquer tipo de proteção. Outro fator que pode entrar em jogo é a regulamentação do governo. Até os drones estão sendo impedidos de voar em determinados lugares ─ um dos motivos para a GoPro desistir desse mercado.

Ao que parece, o uso do skate deverá ser restrito, inicialmente, aos militares. Em um teste, no ano passado, membros das Forças Armadas dos Estados Unidos puderam experimentar o Ezfly em um voo acima de um lago no Texas. Entretanto, ainda não há informações de algum exército que pretenda usar o Ezfly no campo de batalha.