Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Quase 20 marcas de celular embarcam no 5G da Qualcomm

Com 1 Gb/s, velocidade deve ser cinco vezes mais rápida que a prometida no 4G Plus.

Foto: Reprodução

A internet 5G está mais próxima da realidade. Ao todo, 18 fabricantes confirmaram que vão utilizar o modem X50 da Qualcomm. O anúncio foi feito pela empresa nesta quinta-feira (8), quando também foram reveladas as operadoras que vão adotar a tecnologia. Os primeiros celulares capazes de acessar a rede de quinta geração devem chegar às prateleiras em 2019, quando começam os testes públicos.

Entre as marcas estão LG, Xiaomi, Nokia, Sony e Asus. As três maiores fabricantes de smartphones do mundo – Apple, Samsung e Huawei – não estão na lista. Entre as operadoras, a italiana TIM é a única com representação no Brasil.

Os detalhes do modem Qualcomm X50 foram divulgados no ano passado, quando a empresa fez os primeiros testes com um celular. Em termos de velocidade, o chip conseguiu atingir cerca de 1 Gb/s. A fabricante acredita que poderia ser muito superior, alcançando em torno de 5 Gb/s. Para fins de comparação, as redes 4G Plus (também chamadas de 4,5G) oferecidas por algumas operadoras no Brasil alcançam em torno de 200 Mb/s.

No entanto, não é só na velocidade que a rede 5G promete surpreender. Outro fator importante é a latência. Por oferecer um menor tempo de resposta, a tecnologia de nova geração tem sido apontada como essencial para alavancar diversos setores, entre eles os carros autônomos e a Internet das Coisas (IoT).

A lista de fabricantes divulgadas pela Qualcomm é um marco importante, já que torna mais concreto o acesso à rede de quinta geração pelo público em geral, e não apenas em testes privados ou de laboratório.

Sem Apple, Samsung e Huawei

As três maiores fabricantes de smartphones não estão nesta lista inicial. A Apple é parceira de longa data da Qualcomm, mas especula-se que as recentes batalhas judiciais entre as duas empresas possam significar que a maçã não usará mais os modens Qualcomm em futuros iPhones.

Já a Samsung deve recorrer a uma solução própria baseada no chipset Exynos. O Exynos 9810 traz um modem capaz de chegar a velocidades gigabit. A Huawei, fabricante chinesa muito forte na área de equipamentos para redes de celular, também deve seguir o mesmo caminho.

Padrão a caminho

Em dezembro de 2017, foi definido o primeiro padrão de rádio para as redes 5G. No entanto, órgãos internacionais ainda debatem o modelo técnico que a tecnologia vai adotar. As normas completas só devem ser definidas em junho deste ano.

Carregando