Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

5 dicas para quem está solteira há muito tempo

Num mundo em que casar e construir uma família (ainda) é uma prioridade, estar solteira há muito tempo soa como o nosso pior pesadelo.

(Foto: Reprodução / Ele Não Está Tão A Fim De Você)

Num mundo em que casar e construir uma família (ainda) é uma prioridade, estar solteira há muito tempo soa como o nosso pior pesadelo. Pode acontecer: você termina um relacionamento longo e decide investir nos estudos, focar na carreira, viajar, fazer cursos… Quando você acorda, cinco anos se passaram e você nem lembra mais o que é ter um namorado.

Eu sei, o cenário parece mesmo solitário e triste, mas estar solteira há muito tempo não precisa ser algo tão aterrorizante, mas uma situação como qualquer outra. O problema acontece quando você começa a acreditar que não merece um relacionamento porque está sozinha há alguns anos ou sente que nunca será feliz se não começar um namoro em breve.

Estar solteira se transforma em uma ferramenta para você se conhecer melhor e saber quais são as suas prioridades e o que você busca da vida. Inclusive, pode ser necessário para você treinar o amor próprio e aprender quem você é e quem quer ser.

Depois desse processo, se você sente que quer buscar um relacionamento novamente (ou pela primeira vez) depois de estar solteira há muito tempo, nós podemos ajudar, olha só:

1.Experimente um aplicativo

A gente sabe que ainda existem alguns tabus sobre conhecer pessoas online, mas não existe nada errado em começar de uma maneira que você se sinta confortável: pelo celular. Usar aplicativos como Tinder ou Happn pode ser uma boa ideia para você começar a entender como a coisa funciona hoje em dia e treinar aquela conversa inicial além do ‘oi, tudo bom?’.

2.Peça ajuda dos universitários

Vulgo, os seus amigos! Pergunte se eles conhecem alguém que seria legal você conhecer e se coloque disponível e aberta para conhecer amigos de amigos. Muitas vezes, estamos tão fechadas na nossa rotina que não sabemos onde conhecer pessoas novas, mas os nossos amigos próximos podem ser uma ponte incrível! Marque programas com a galera e peça para alguém levar uma pessoa que você não conhece (e que, de preferência, esteja solteiro também).

3.Olhe ao redor quando sair de casa

Às vezes, estamos tão focadas em outras coisas que, quando saímos, não olhamos ao redor e analisamos as possibilidades. Mais do que ‘saia de casa’ para conhecer pessoas novas, preste atenção quando isso acontecer. Até mesmo tomar um café no meio do dia pode se tornar uma oportunidade de conhecer alguém interessante. Fique ligada e aberta ao que está acontecendo ao seu redor.

4.Comece um curso (ou adquira um novo hobby)

Se você sente que é o momento de buscar um relacionamento, pode ser interessante também mudar um pouco a sua rotina, de forma que você tenha interações e conheça pessoas diferentes. Comece um curso, assista palestras, adote um novo hobby que possa ser feito coletivamente ou aprimorado com aulas. Isso abre o seu leque de possibilidades e você começa a conhecer outras pessoas, diferente das que você convive diariamente.

5.Lembre-se do mais importante

Quer você esteja solteira ou em um relacionamento, o que importa de verdade é que você se ame, em primeiro lugar. Saiba quem você é, tenha carinho e apreço por si mesma, porque essa energia positiva volta para você. Estar em um relacionamento só vale a pena de verdade se você tem certeza que ele vai acrescentar na sua vida – deixar em outra pessoa a responsabilidade pela sua felicidade não é justo com ninguém, viu?

O mais importante é ter paciência. Não tem nada errado você estar solteira há muito tempo – e não deixe as pessoas falarem isso de você, já que existe uma cultura de olhar mulheres solteiras como ‘coitadas’. Todas as pessoas merecem amor e respeito, e amor de verdade não é aquele que encontramos em um relacionamento amoroso, mas o que sentimos por nós mesmas e que compartilhamos com todos.

 

(Superela / Autor: Marcela De Mingo)

Carregando