Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

7 provas de que você vive um relacionamento abusivo

Relacionamento conturbado, repleto de brigas e xingamentos.

© Shutterstock

Relacionamento conturbado, repleto de brigas e xingamentos. Quem vê de fora acredita que a relação não é nada saudável, mas quem vive o dia a dia com o companheiro, nem sempre sabe identificar a situação. Por isso, separamos uma lista com 7 provas de que você está vivendo um relacionamento abusivo.

De acordo com especialistas, um relacionamento abusivo é aquele na qual não existe igualdade de poder e decisões, além de causar a perda de individualidade e vida pessoal. Contudo, a pessoa afetada acaba por se afastar de amigos, familiares e até mesmo deixa de frequentar eventos sociais e confraternizações. Entretanto, existem diferentes níveis de abuso, verbal ou mesmo físico, mas, independentemente, todos são considerados uma relação de abuso!

Aprenda a identificar quais são.

1 – Ciúmes excessivo

Engana-se quem pensa que ciúmes, principalmente de maneira controladora e abusiva, é algo positivo no relacionamento. Muito pelo contrário. Portanto, fique atenta ao comportamento do parceiro, especialmente se ele olha o seu celular, fica desconfiado sobre com quem você estava – mesmo quando você fica até mais tarde no serviço ou com familiares. Além disso, se ele fica desconfiado das suas atitudes e quer controlar suas roupas, preste atenção a todos os detalhes, isso não é ciúmes, é obsessão, garota!

2- Chantagem e controle

Você quer sair e ele começa com joguinhos de: “você vai me deixar aqui sozinho?”. Por achar carinhosa sua atitude, você acaba ficando, mas essas situações serão mais comuns do que você imagina. Você cede, mas ele não! Por isso, ele se apropria da chantagem para se manter no controle. Porém, o que você não percebe é que cada vez mais se desprende da sua vida social.

3 – Ele se sente superior

Hummm, essa é muito comum! Afinal, ele NUNCA está errado! E não vai adiantar você dizer ou mesmo pessoas mais próximas, ele vai mostrar que é superior, que está certo em tudo, só ele deve ser ouvido e nunca, nunca pede perdão, fazendo até mesmo uso de xingamentos e te colocando para baixo. Cuidado com essas ações, em um relacionamento saudável, o diálogo é o mais comum.

4 – O que as pessoas falam

Quando se encontra com os amigos, eles sempre perguntam se está bem e comentam sobre o seu relacionamento? Te dão conselhos e dizem coisas que na qual você não acredita? É bom ficar mais atenta, você pode estar cega à algumas situações, situações essas que apenas as pessoas de fora veem.

5 – É difícil enxergar a situação

A pessoa acaba por não identificar, acaba sendo difícil de enxergar a situação e fugir desse cenário acaba sendo complicado. Assim, você acaba ficando refém às “ordens”, mesmo que elas não sejam tão explícitas. Além disso, você se coloca no papel de culpada. O que não é verdade.

6 – Como você se sente? E como ele te trata?

Você está feliz? Faça perguntas a você mesma. Caso a resposta for NÃO! Está mais do que na hora de pensar no que te deixa para baixo, triste e infeliz. Se ele te humilha, causou violência física ou emocional, esse é um dos indícios finais. Não espere o quadro se agravar para tomar uma atitude! Após assumir que o seu relacionamento não está bem e não é nada saudável, é hora de seguir o último passo!

7 – Chega!

Você está sendo refém de uma pessoa controladora. Mas, chegou a hora de dizer CHEGA! No começo pode ser difícil, mas nessa hora é importante que seja forte. Para isso, conte com ajuda dos amigos e familiares. Você é poderosa e corajosa para seguir em frente!

 

(Salon Line / Autor: Raquel Fialho)