Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Acusado de estupros em Imperatriz tem várias passagens pela polícia

Segundo a polícia foram encontrados diversos registros em nome do acusado. Crimes como ameaça, lesão corporal dolosa, violência doméstica e furto.

Foto: Reprodução

A Polícia prendeu, nessa quinta-feira (8), Elvis Brito Ribeiro, 35 anos, principal suspeito de cometer vários estupros do conjunto habitacional Teotônio Vilela, bairro Bom Jesus, periferia de Imperatriz. Segundo a polícia foram encontrados diversos registros em nome do acusado. Crimes como ameaça, lesão corporal dolosa, violência doméstica e furto. Mesmo assim se encontrava em liberdade.

Elvis Brito foi preso após perseguir uma criança e uma adolescente, ambas irmãs, e tentar arrastar as meninas para um matagal. O estupro não chegou a ser consumado. Os policiais haviam intensificado o policiamento na área visando capturar o criminoso.

Pelo menos quatro casos de estupro foram registrados na Delegacia da Mulher de dezembro de 2017 até agora. Todos com as mesmas características: um homem com o rosto coberto e faca em punho atacava sempre mulheres sozinhas. Para praticar a violência, arrombava as portas das casas das vítimas, apenas gesticulava para não ter a voz reconhecida. Segundo o relato das vítimas, ele fazia questão de usar preservativo.

Uma das vítimas fez o reconhecimento do acusado. Segundo a delegada titular da Delegacia da Mulher, Sylvianne Tenório, “a vítima reconheceu o Elvis como sendo a pessoa que lhe estuprou dentro de sua residência, sem qualquer dúvida, e descreveu várias características físicas condizentes com as de Elvis”.

Depois da prisão efetivada, outra mulher foi à delegacia relatar que também foi estuprada pelo homem nas mesmas circunstâncias, somando cinco casos.

 

 

Carregando