Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Integrantes de facção criminosa são presos suspeitos de matar desafeto

A PM disse ainda que os mesmos são suspeitos de terem participação em assalto a residências à margem da praia em Panaquatira.

Na madrugada desta segunda-feira (12), quatro pessoas foram presas no município de Icatu, suspeitas de integrarem facção criminosa e terem assassinado uma pessoa no povoado Itapera do Apolônio.

Foram presos: Luís Márcio Vieira Galvão, conhecido como “Nenê”, 32 anos, morador da Vila São José, em Paço do Lumiar; José Luís Rabelo dos Santos Filho, conhecido como “Coutinho”, 22 anos, morador da Maioba, em Paço do Lumiar; Erisvaldo Gomes Ramos, 28 anos, morador do Anil, em São Luís; e Danrley Sama Araújo da Silva, 22 anos, também morador do Anil, em São Luís.

De acordo com  informações do 27° BPM, a polícia recebeu denúncias de populares, afirmando que quatro indivíduos de uma facção criminosa haviam chegado a um porto no povoado Sertãozinho, sendo que os mesmos estavam à procura de seus desafetos de uma facção rival.

A polícia foi informada que os criminosos invadiram várias casas à procura dos desafetos, sendo que por volta das 12h eles conseguiram assassinar Sérgio Gomes Ribeiro, 39 anos, no povoado Itapera do Apolônio, em Icatu.

Após levantamento das informações, a guarnição se deslocou até o local do crime, onde foram avistados próximo ao povoado dois indivíduos em atitude suspeita. Após a abordagem e depoimento da testemunha ocular, que reconheceu os autores, a guarnição fez a condução dos indivíduos para a DP de Rosário, onde foram apresentados sem lesões corporais.

Ao retornar para o município de Icatu, a guarnição fazia buscas para a elucidação do fato. Segundo informações, dois indivíduos envolvidos no crime estariam pegando uma embarcação no povoado Itatuba em direção à cidade de São José de Ribamar. A guarnição de serviço se deslocou até o local informado, constatando assim a veracidade. Foi feita uma abordagem, onde foram encontrados com os suspeitos: R$ 992 em espécie, três celulares e três revólveres Taurus, sendo um calibre 32 e dois calibre 38.

Eles foram interrogados sobre o crime, sendo que um dos suspeitos confessou a participação dos mesmos no caso. Os detidos foram conduzidos para a DP de Rosário, onde foram apresentados com pequenas lesões corporais, pois resistiram à prisão.

A PM disse ainda que os mesmos são suspeitos de terem participação em assalto a residências à margem da praia em Panaquatira.