Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

‘Fala Comigo’, melhor filme do Rio Cine, abrirá nessa quinta a nova temporada do Cine Guarnicê

As sessões gratuitas do Projeto Cine Guarnicê estão de volta.

‘Fala comigo’, de Felipe Sholl, vencedor do Festival do Rio, será exibido nesta quinta, no Cine Guarnicê. (Foto: Divulgação)

As sessões gratuitas do Projeto Cine Guarnicê estão de volta. Em cartaz no Auditório Central da Cidade Universitária Dom José Delgado, no Bacanga, em São Luís/MA, o projeto exibe nessa quinta-feira, 15, às 12h30, ‘Fala Comigo’, consagrado como o Melhor Filme e Melhor Atriz do Rio Cine. Escrito e dirigido por Felipe Sholl, o drama fará a abertura da nova temporada do Cine Guarnicê. Aberto ao público, o projeto é uma realização da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), via Departamento de Assuntos Culturais (Dac/Proexce).

A diretora do Dac e coordenadora do projeto, Fernanda Santos Pinheiro, destaca que o Cine Guarnicê exibe a cada 15 dias, às quintas-feiras, filmes do acervo da cinemateca do Festival Guarnicê de Cinema, evento realizado há 40 anos pela Ufma. O Cine Guarnicê tem apoio da Fundação Sousândrade, TV UFMA, Universidade FM e Ascom Ufma. Vale lembrar que a cinemateca da Ufma está aberta ao público em geral para pesquisas e estudos audiovisuais de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 18h. Vale a pena conferir.

“O Cine Guarnicê divulga o acervo da cinemateca da Ufma e forma plateia para o Festival Guarnicê. A cinemateca está instalada na sede do Dac, no Palacete Gentil Braga (rua Grande, 782-Centro)”, disse a diretora do Dac. Produzido por Daniel Von Hoogstraten, ‘Fala Comigo’ tem no elenco principal Denise Fraga, Emílio de Mello, Karine Teles e Tom Karabachian. O filme questiona “O que você faz quando ninguém está olhando?”. Apresenta a ideia de que vivemos em uma época na qual as relações humanas estão mudando rapidamente.

Diogo, adolescente de 17 anos, gosta de ligar para as pacientes da sua mãe psicanalista e assim conhece Ângela, de 40 anos, que acabou de ser abandonada pelo marido. Apaixonados, precisam encontrar uma maneira de permanecerem juntos, mas os obstáculos são inúmeros: a diferença de idade, a mãe de Diogo e, acima de tudo, seu próprio caminho em direção à idade adulta. Felipe Sholl é formado em roteiro pela Escola de Cinema Darcy Ribeiro e em jornalismo pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Vale a pena conferir.

Carregando