Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Apagão atingiu 13 estados do Norte e do Nordeste nesta quarta-feira

Governo afirma que apagão foi causado por falha em usina no Pará. Também houve registro de falta de luz em São Paulo e Minas Gerais.

Foto: Reprodução

Pelo menos 13 estados das regiões Norte e Nordeste foram atingidos por um apagão. Amazonas, Alagoas, Sergipe, Ceará, Paraíba, Piauí, Pernambuco, Amapá, Rio Grande do Norte, Pará, Maranhão, Bahia e Tocantins foram os estados afetados por um problema na usina de Belo Monte, no Pará, segundo o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho.

A Companhia Energética do Maranhão (Cemar), por sua vez, inforou que um problema foi detectado na usina de Tucuruí, no nordeste do estado do Pará. A usina é de responsabilidade das Centrais Elétricas do Norte do Brasil (Eletronorte) e fornece energia para estados do Norte e Nordeste.

O problema foi registrado às 15h48. Em nota, o Operador Nacional do Sistema (ONS) informou que uma “perda de carga” causou o apagão. Ainda segundo o ONS, as causas do desligamento estão sendo investigadas, e as equipes trabalham para a recomposição dos sistemas.

No Maranhão a energia foi retomada por depois das 17h.

Leia a íntegra da nota do ONS:

Hoje, 21 de março, às 15h48, uma perturbação no SIN causou o desligamento de cerca de 18.000MW, majoritariamente localizados nas regiões Norte e Nordeste, correspondendo a 22,5% da carga total do SIN naquele momento.Em consequência da perda de carga, entrou em funcionamento o primeiro estágio do Esquema Regional de Alívio de Carga do Sistema Sul, Sudeste e Centro-Oeste, com corte automático de consumidores, no montante de 4.200MW.

Os sistemas Sul, Sudeste e Centro-Oeste ficaram desconectados do Norte e Nordeste.

Às 16h15 já havia sido realizada a recomposição de praticamente toda a carga no Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

As equipes do ONS estão neste momento dedicadas à recomposição dos sistemas Norte e Nordeste, já em curso.

As causas de desligamento estão sendo investigadas.

Carregando