Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Novas gravações reforçam suspeita de propina em PPP da Iluminação em São Paulo

Áudios divulgados pela rádio CBN reforçaram as suspeitas de pagamento de propina a agentes da prefeitura de São Paulo na PPP da Iluminação, avaliado em R$7 bilhões

Foto: Reprodução

Áudios divulgados pela rádio CBN reforçaram as suspeitas de pagamento de propina a agentes da prefeitura de São Paulo na PPP da Iluminação, avaliado em R$7 bilhões. De acordo com a reportagem, a propina beneficiaria o consórcio FM Rodrigues.

Nos novos áudios, a assessora jurídica da ex-diretora da Ilume, Denise Abreu, Ana Claudia Camargo Kim, diz a Cristina Maria Chaud, auxiliar de Denise, diz que está torcendo para que a PPP seja suspensa por causa da “roubalheira”. Ana Clauda diz que 10% do valor do contrato seriam desviados para propina e que a FM Rodrigues não tem capacidade técnica para tocar o projeto.

Carregando