Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Empresário é executado e segurança fica baleado dentro de carro

Outras três pessoas da mesma família dele já foram assassinadas em circunstâncias parecidas

O empresário teria sido morto por conta de uma rixa entre duas famílias. (Foto: Divulgação)

Por Nelson Melo

Um empresário foi executado com disparos de arma de fogo na cidade de Junco do Maranhão, no oeste do Maranhão, na noite desta terça-feira (24), quando seguia em seu carro. Marcelinho Rodrigues de Melo era proprietário de uma rede de postos de combustíveis e fazendas, segundo informações divulgadas pela polícia. Outras três pessoas da mesma família dele já foram assassinadas em circunstâncias parecidas.

De acordo com o delegado Jader Alves, titular da Delegacia Regional de Zé Doca, “Marcelo”, como era conhecido, trafegava pela estrada em seu carro, um Jeep Cherokee branco, quando um Corola de cor azul se posicionou ao lado e seus ocupantes atiraram várias vezes na direção do condutor, que foi atingido por disparos no abdômen e um de raspão na testa. Um policial de nome cabo Belforth, que atuava como segurança da vítima, também foi alvejado no ombro esquerdo, pois igualmente estava no automóvel com o fazendeiro, como as fontes apuraram.

Os três estavam saindo de Governador Nunes Freire em direção a uma fazenda em Amapá do Maranhão. Equipes das polícias Militar e Civil recolheram no chão algumas cápsulas de pistolas 9mm e ponto 40. Assim como carteiras funcionais de dois soldados da Polícia Militar do Pará, cujos nomes não foram divulgados. Marcelo era dono dos postos de combustíveis Santa Maria, uma rede muito conhecida naquela região.

Existe uma rixa na área entre a família dele e outra, de um fazendeiro identificado como Patrick, que está encarcerado no Complexo de Pedrinhas por suspeita de encomendar várias mortes violentas e roubo de gado/carga. Um irmão de Patrick, inclusive, foi assassinado a tiros recentemente, logo após a morte de Valdecyr, irmão de “Marcelo”.

 

Carregando