Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Empresas investem no Maranhão e geram milhares de postos de trabalho

Mais de R$ 2,5 bilhões em investimentos e milhares de empregos gerados no Maranhão, com os recursos de multinacionais que apostam no desenvolvimento e potencial do Estado.

Foto: Reprodução

Mais de R$ 2,5 bilhões em investimentos e milhares de empregos gerados no Maranhão, com os recursos de multinacionais que apostam no desenvolvimento e potencial do Estado. Cenário que favorece a implantação de bases ou a promoção de negócios das grandes empresas, devido às ações do Governo do Estado com medidas de incentivo ao empreendedorismo como a desoneração tributária, que tem garantido a estabilidade econômica, frente à crise nacional.

O objetivo da gestão é justamente criar condições e estrutura para que os empreendimentos se estabeleçam, invistam e permaneçam em nosso Estado, pontua o secretário de Estado da Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Expedito Rodrigues Júnior. “São programas e iniciativas realizadas desde o início da gestão do governador Flávio Dino, aos quais estamos dando continuidade. É marca da gestão o ambiente favorável aos negócios, por meio do diálogo franco e transparente, somado a ações de incentivo que atraíram grandes investimentos”, reforçou o gestor.

Grandes conglomerados, a exemplo da Vale, Suzano Papel e Celulose, Omega Energia e Algar Agro, executam diversos serviços e negócios, gerando trabalho, renda e promovendo a capacitação e o desenvolvimento social com os aportes destinados ao Maranhão. “Os negócios instalados aqui estão ampliando seus empreendimentos e tudo isso é reflexo das políticas adotadas pelo Governo do Maranhão para subsidiar as melhores condições para o desenvolvimento”, reforça Expedito Rodrigues.

Com a reabertura da usina de pelotização, na área Itaqui-Bacanga, a Vale investe mais de R$ 100 milhões no Maranhão. Com a operação serão gerados cerca de 370 oportunidades de emprego. Pelotas são bolas de minério de ferro, utilizadas na fabricação de aço e têm alto valor agregado por garantir mais produtividade às usinas siderúrgicas. Entre os produtos que usam o material, estão pontes, carros e aviões.

O Parque Eólico de Paulino Neves, da Ômega Energia, está com obras em andamento, referente ao projeto Delta 5 e 6. Os investimentos são de R$ 1,5 bilhão. Com apoio do Governo do Estado, a empresa é responsável pela instalação do primeiro parque eólico no Maranhão. No ramo de tancagem, a empresa Raízen opera recursos de R$ 200 milhões na construção de um terminal para armazenamento de combustíveis. O empreendimento fica próximo ao Porto do Itaqui, área industrial de São Luís.

Com os investimentos de R$ 500 milhões da Suzano Papel e Celulose foram gerados aproximados 1,3 mil novos empregos diretos e indiretos no Maranhão, durante a construção até o funcionamento da nova fábrica de papel, que está localizada em Imperatriz, Região Tocantina. A empresa atua no comércio de papel sanitário e abastece, principalmente, o Nordeste do Brasil.

Carregando