Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Vereador do MT é acusado de tentativa de assassinato em São Luís

O caso aconteceu em agosto de 2000 e a justiça maranhense só conseguiu localizá-lo por meio do sistema do TRE-MT

Foto: Reprodução

A Polícia de Mato Grosso está em busca do vereador Alexandre Rodrigo Ribeiro, mais conhecido como Irmão Alexandre, do PSC de Guarantã do Norte (a 637 km de Cuiabá). Ele é acusado de ter tentado assassinar, em 30 de agosto de 2000, em São Luís, Marcelo Dias Câmara.

Segundo o processo que corre na justiça maranhense, Marcelo e outros estavam provocando Alexandre que, de forma premeditada, dois dias depois, acabou praticando o crime em um ponto de ônibus próximo à Universidade Federal do Maranhão (Ufma).

Após o fato, Alexandre Ribeiro se mudou para o MT, refez a vida e se elegeu vereador. Foi por meio do sistema do Tribunal Regional Eleitoral que a justiça conseguiu localizá-lo.

O Juiz da 4ª Vara Criminal de São Luis, José de Ribamar Goulart Heluy Júnior, deu a ordem de prisão preventiva encaminhada por carta precatória à Vara Única de Guarantã. O Juiz local, Diego Hartmann, determinou o cumprimento do mandado. Policiais tentaram cumpri-lo em sessão dessa quarta (16) na Câmara mas o vereador faltou.

O advogado do vereador emitiu nota afirmando que o motivo da prisão é que Alexandre não compareceu para responder às acusações. Alega, ainda, que o vereador jamais foi intimado e que nunca se escondeu de qualquer chamamento processual.

“Afirmamos, desta forma, que o vereador Alexandre nunca foi condenado e está tomando todas as providências para solucionar o ocorrido o mais breve possível”, encerra a nota.

Carregando