Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Iate com 5 suítes e jacuzzi é o maior e mais luxuoso já feito no Brasil

Embarcação tem acabamentos em mármore e mogno e vai custar R$ 45 milhões

Foto: Reprodução

Fica pronto em junho o maior e mais luxuoso iate já produzido no Brasil. O Azimut Grande 30 Metri, feito em Itajaí, Santa Catarina (SC), pela Azimut Yatchts, terá 5 suítes, cozinha, sala de estar e jantar, jacuzzi na área externa (flybridge) e amplos espaços.

Os acabamentos são em couro e mogno e, nas áreas frias (como os banheiros das suítes), há mármore nas pias e no box do chuveiro. A embarcação de 30 metros de comprimento, o equivalente a 100 pés, está dividida em 3 pavimentos, com espaço para banhos de sol e relaxamento.

Na plataforma de popa (parte traseira), há uma espécie de garagem para acomodar um bote de até quatro metros ou motos aquáticas. A suíte master tem 34 metros quadrados de área. No total, a embarcação possui 350 metros quadrados e projeto de interiores do arquiteto italiano Achille Salvagni, que já assinou lojas da Bulgari e da Calvin Klein em várias parte do mundo, além de hotéis de luxo de diferentes redes.

A primeira unidade do Azimut Grande 30 Metri já está encomendada por um empresário do sul do país. Uma segunda está sendo produzida e também tem dono certo, outro brasileiro. O preço da embarcação é R$ 45 milhões, o mais alto de todos os modelos produzidos pela Azimut Yatchts no Brasil.

Marca do grupo italiano Azimut-Benetti, maior produtor de iates de luxo do mundo, a Azimut Yatchts está presente no Brasil desde 2010. O país é o único a manter uma linha de produção das embarcações fora da Itália. “Os clientes brasileiros são muito exigentes”, diz Davide Breviglieri, CEO da marca no país. “Eles buscam novidades e embarcações cada vez maiores. As vendas já registradas de um iate dessas dimensões são prova de nossas ótimas expectativas para a produção desse novo modelo no mercado.”

Desde 2010, a Azimut Yatchts produziu 140 iates no país para atender fundamentalmente o mercado brasileiro. No total, são oito modelos — de 40 a 100 pés que custam a partir de R$ 2,9 milhões. Apenas o mais barato deles, o Verve 40, é exportado e visa também o mercado dos Estados Unidos.

Clássico nos Mares
A Azimut-Benetti nasceu em meados dos anos 80, quando Paolo Vitelli, construtor de cruzeiros em fibras de vidro, comprou o estaleiro Benetti, conhecido por seus luxuosos superiates, que usavam aço. Da combinação de ambas as técnicas — os barcos leves e super-rápidos de Vitelli — com os grandes iates de Benetti surgiu a a nova marca.

A Benetti faz barcos desde o final do século XIX. Sob encomenda, produz com sua marca exclusiva alguns dos mais caros barcos do mundo. Um deles, de 200 pés, foi apresentado no ano passado. Tem interior em art decó e está avaliado em US$ 73 milhões (R$ 270 milhões).

Carregando