Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Polícia indicia homem por tentativa de homicídio

Luis dos Reis tentou atropelar policiais militares durante operação

Luis dos Reis: após furar o bloqueio da Polícia Militar teria tentado atropelar os policiais. (Foto divulgação)

A Polícia Civil da 15ª Delegacia Regional de Barra do Corda indiciou na semana passada o pecuarista Luis dos Santos dos Reis, conhecido também como “Luis do Gérson”, por tentativa de homicídio contra polícias militares da cidade de Formosa da Serra Negra.

O crime ocorreu em fevereiro de 2016, quando após se envolver em um acidente de trânsito na cidade de Grajaú.

O criminoso Luis dos Reis fugiu no sentido do município Formosa da Serra Negra, onde foi alcançado e interceptado por uma guarnição da Força Tática de Grajaú.

Na hora que foi ser abordado e revistado, o indivíduo desobedeceu a ordem de se submeter à revista dos policiais, adentrou em seu carro novamente e iniciou fuga. Apontou uma pistola que portava contra os policiais militares, para conseguir fugir da abordagem.

Em seguida, o mesmo empreendeu fuga pela MA que liga as duas cidades, sendo perseguido pela Força Tática de Grajaú, que solicitou a guarnição de Formosa um bloqueio policial na entrada da cidade.

Tendo então novamente Luis do Gerson desrespeitado a ordem legal de parada e furado tal bloqueio, persistiu em sua fuga, parando apenas em frente a sua residência, já no centro da cidade, onde ao descer do carro foi lhe dado voz de prisão.

Luís do Gerson sacou uma pistola calibre 765 que portava em sua cintura e disparou várias vezes contra os policias militares. Foi preso algumas horas mais tarde, após intensas horas de negociação para que ele se entregasse.

Luis dos Reis é suspeito de grilagem de terra na região de Formosa da Serra Negra, onde há grande conflito agrário. Tais investigações a respeito do crime cometido contra vida dos policiais tinham sido remetidas para São Luís, mas retornaram a Grajaú onde foram concluídas.

O Processo agora seguirá para a Justiça, onde investigaram a atuação do suspeito em outros crimes.

Carregando