Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Postos de Combustíveis são notificados pelo Procon

Karen Barros alertou sobre a importância do pedido da nota fiscal pelo consumidor. A nota é primordial para se saber a origem e a qualidade do combustível, e para melhor fiscalização do órgão.

(Foto: Gilson Ferreira)

A presidente do Instituto de Proteção e Defesa do Cidadão e Consumidor (Procon/MA), Karen Barros, detalhou as medidas que estão sendo tomadas pelo órgão para fiscalizar os reajustes nos valores do combustível, ocorridos nas últimas semanas. Segundo ela, todos os postos do Maranhão foram notificados para que justifiquem os preços e sejam analisados se esses valores estão sendo repassados de acordo com a variação da Petrobras.

“Eles têm dez dias a partir da nossa notificação. Já temos algumas defesas protocoladas e estamos verificando. Como houve aumento depois da notificação, estamos também analisando diante desses aumentos”, pontuou.

Além disso, Karen Barros alertou ainda sobre a importância do pedido da nota fiscal pelo consumidor. A nota, conforme explicou ela, é primordial para se saber a origem e a qualidade do combustível, e para melhor fiscalização do órgão. “Eles têm que emitir a nota fiscal, mesmo não sendo solicitada, pois é um direito do consumidor”.

Na segunda-feira (21), o Procon/MA divulgou pesquisa de preços de combustíveis mais baratos na capital maranhense. Com validade de 19 a 25 desde mês, a pesquisa é fruto da Operação Batismo, que tem fiscalizado postos de combustíveis em todo o Maranhão, combatendo irregularidades.

No ranking do Procon, o Posto Cadilhe Brandão, no Centro, apresenta a primeira colocação com o preço da gasolina comum a R$ 3,88. Logo em seguida, no Posto Camboa, na Avenida Camboa, o combustível está sendo vendido R$ 3,979. Já no Posto Makro, na Avenida Jerônimo de Albuquerque, o preço do litro da gasolina está saindo a R$ 3,999.

Carregando