Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Sampaio conquista classificação inédita na Copa do Nordeste

O Sampaio garantiu a classificação inédita, sem sofrer gol nos 180 minutos contra o Vitória

Foto: Reprodução

Foram 180 minutos de um futebol aplicado, entrega e determinação. 180 minutos sem tomar gol, de sangue frio e raça. O resultado não poderia ser diferente. Com os três gols marcados no Castelão, o Sampaio Corrêa mostrou sua força e está na semifinal da Copa do Nordeste.

O jogo

Precisando descontar a enorme desvantagem, os donos da casa tomaram a iniciativa de jogo, mas a primeira jogada mais aguda foi do Sampaio. Bruno Moura escapou pela direita e cruzou com veneno, o goleiro baiano desviou a batida.

A resposta do Vitória veio com uma cabeçada após cobrança de escanteio, mas Andrey segurou firme. Os donos da casa começaram a marcar presença constante no campo de ataque, enquanto o Tricolor defendia sua cidadela a todo custo.

Os maiores sustos para a Bolívia vieram na sequência. Primeiro após desvio de cabeça do atacante do Vitória, mas Andrey se esticou e defendeu. E Andrey voltou a ser protagonista do primeiro tempo ao defender uma cobrança de pênalti. A etapa inicial terminou com o placar em branco. Falta um tempo para garantir a classificação.

Restavam 45 minutos para a semifinal inédita, e a Bolívia voltou para a etapa final com a mesma aplicação, ao tempo que o Vitória se lançava ao ataque para buscar o resultado.

Andrey seguia firme embaixo das traves, e os espaços começaram a aparecer para o Sampaio contra golpear. Wellington Rato quase abre o placar em uma escapada, mas o goleiro do Vitória mandou para escanteio.

Rato testou novamente o arqueiro baiano, que salvou novamente. Restava ao rubro-negro baiano partir para o desespero, enquanto o cronômetro acelerava para o fim.

Mas o placar não se movimentou. Com autoridade, o Sampaio garantiu a classificação inédita, sem sofrer gol nos 180 minutos contra o Vitória e marcando três vezes. Tem que respeitar. Tem que respeitar muito!!

Ficha Tricolor

Andrey, Bruno Moura, Fredson, Maracás e Kaike; Willian Oliveira, Diego Silva (César Sampaio), Fernando Sobral e João Paulo (Wellington Rato); Bruninho e Uilliam (Carlão).

Carregando