Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Jornal Pequeno comemora 67 anos e levanta bandeira por São Luís do futuro

Caderno especial lança o MARCO ZERO para a modernização da cidade e definição de um Plano Diretor eficaz

Caderno especial: JP se alia às forças progressistas do Maranhão e entra numa luta sem tréguas por seu futuro sustentável

Fundado em 29 de maio de 1951 pelo saudoso jornalista José Ribamar Bogéa, o Jornal Pequeno completa 67 anos de existência, nesta terça-feira, com uma história de lutas reconhecida pelo povo do Maranhão.

Sempre atento aos problemas do Maranhão e do Brasil, o JP inova. Vivendo hoje uma crise de desabastecimento, São Luís tem problemas estruturais mais graves. Ao longo de décadas, a “Órgão das Multidões” tem se mantido atuante nas questões de cada época.

E é em nome dessa história e desse reconhecimento que o JP levanta hoje uma grande bandeira, para tornar realidade um projeto há muito debatido e que não consegue sair do papel: a atualização do Plano Diretor de São Luís com todas as suas vertentes, principalmente a Lei de Zoneamento.

Sem um Plano Diretor moderno, pode-se afirmar que a capital maranhense não tem futuro. Com essa iniciativa, o Jornal Pequeno está apostando no futuro da cidade, abrindo um fórum para debate contra práticas que atrasam o desenvolvimento da nossa ‘Ilha Rebelde’.

Ao levantar a bandeira da modernização, o JP se alia às forças progressistas de São Luís e entra decisivamente numa luta sem tréguas por seu futuro sustentável.

O primeiro passo em busca da concretização do projeto pela atualização do Plano Diretor da capital do Maranhão está sendo dado na edição impressa com um CADERNO ESPECIAL que reforça a edição comemorativa.

A partir de hoje, ao longo das edições do JP e aqui no JP Online, o leitor acompanhará todos os passos dessa bandeira.

Adquira esta edição história do JP e boa leitura!

Carregando