Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Sampaio supera tudo e vence a segunda seguida na Série B

Com a vitória, o Tricolor somou dez pontos e subiu para a 11ª posição na tabela

Bruninho marcou o gol da vitória boliviana (Foto: Lucas Almeida)

O Sampaio Corrêa confirmou a boa fase e venceu a Ponte Preta por 1×0, na noite desta segunda-feira, no Estádio Castelão, em partida que fechou a sétima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O Tricolor precisou superar a expulsão de Alyson, jogar por 30 minutos com um jogador a menos, e manter os nervos de aço para garantir os três pontos.

Com a vitória, o Tricolor somou dez pontos e subiu para a 11ª posição na tabela. O próximo desafio é contra o Fortaleza, líder da competição, sábado, dia 02/06, na Arena Castelão.

O jogo

Início de partida truncado, com a Ponte Preta marcando em linhas altas, e dificultando a saída de bola do Sampaio, que tentava controlar o jogo e abrir espaços pelas laterais para chegar ao gol adversário.

Com o meio-campo congestionado, o Tricolor utilizava os flancos como alternativa, principalmente com Bruno Moura. Mas foi pela esquerda que nasceu a jogada do gol. Alyson matou a jogada adversária e passou para João Paulo, que se livrou da marcação e serviu Bruninho. O atacante adiantou-se à defesa e desviou para as redes.

Em desvantagem, a Ponte Preta ensaiou uma pressão pelo empate, mas sem conseguir criar uma situação desconfortante para a retaguarda boliviana, que defendeu bem o resultado até o fim do primeiro tempo.

O Sampaio poderia ter ampliado o marcador logo no início da etapa final. Bruno Moura acertou um chute cruzado, o goleiro rebateu, mas João Paulo não conseguiu aproveitar a sobra e mandou para fora.

Em lance polêmico, a arbitragem expulsou o lateral Alyson, e o Sampaio precisou se virar em campo com um homem a menos.

A Ponte Preta abriu definitivamente a guarda em busca da igualdade, mas, mesmo em desvantagem numérica, o Sampaio teve as melhores chances. João Paulo foi lançado na cara do gol, e não conseguiu encobrir o goleiro.

Os minutos finais foram de pura tensão, com a Ponte toda no campo de ataque, cruzando bolas sobre a cidadela Tricolor, que se defendeu bravamente, com Andrey voando para interceptar todos os cruzamentos, até o apito final.

Vitória na raça e no coração. Mais três pontos na conta. A parada agora é contra o líder.

Ficha Tricolor

Andrey, Bruno Moura, Joécio, Maracás e Alyson; Willian Oliveira, Silva (César Sampaio), Fernando Sobral e João Paulo (Uilliam) (Wellington Rato); Bruninho e Carlão (Kaike).

Carregando