Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Campanha de vacinação é prorrogada no Maranhão

Greve dos caminhoneiros causa adiamento no prazo até o dia 15 de junho

Foto: Reprodução

O Ministério da Saúde anunciou na terça-feira (29) a prorrogação da Campanha de Vacinação Contra a Gripe que estava prevista para finalizar nesta sexta-feira (01), para sexta-feira (15) de junho.

Segundo informações do Ministério, a mudança ocorreu por causa da greve dos caminhoneiros e tem provocado “impactos no transporte público e nos atendimentos nos hospitais”.

Até o momento, segundo o Ministério da Saúde, apenas 66% do público-alvo foi nos pontos de vacinação e se vacinou. Faltam ainda cerca de 18,8 milhões de pessoas para serem vacinadas em todo o país.

Quem pode vacinar

As vacinas devem ser aplicadas em crianças de 6 meses a 5 anos, idosos a partir de 60 anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto).

Até o momento, segundo o Ministério da Saúde, o público com maior cobertura são as puérperas (78%), seguido por idosos (75%), professores (73%), trabalhadores da saúde (71,6%), indígenas (63,6%) e gestantes (55%). Já entre as crianças com idades entre seis meses e cinco anos, o índice de vacinação está em pouco menos da metade (49,7%).

Casos de gripe no Maranhão

No Estado só no ano de 2017, foram registrados 51 casos de agravamento de gripe, entre esses casos seis mortes foram confirmadas, sendo cinco idosos e um bebê de dois meses. No ano anterior, 57 casos de síndrome respiratória grave no Maranhão tiveram a gripe como causa, sendo que uma pessoa morreu.

Carregando