Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Polícia prende pedófilos que se passavam por professores em Barra do Corda

Francisco de Sousa além de abusar sexualmente das crianças e dos adolescentes ainda “negociava” os menores para outros pedófilos.

Francisco da Conceição de Sousa (E) se passava por professor mas ainda está cursando o ensino médio

A Polícia Civil prendeu nesse sábado (9), em Barra do Corda, duas pessoas acusadas de pedofilia. Francisco da Conceição de Sousa, de 38 anos e Mizael Rocha Oliveira, de 34 anos, se passavam por professores e são acusados de integrarem uma rede de pedofilia que agia na região. Um terceiro acusado está foragido.

A polícia chegou aos suspeitos depois que uma vítima contou como eles agiam. Francisco de Sousa além de abusar sexualmente das crianças e dos adolescentes ainda “negociava” os menores para outros pedófilos. Com eles, a polícia apreendeu um vídeo que mostra um estupro de uma criança entre 11 e 12 anos de idade. O número de vítimas, até o momento, chegaria a cinco.

“O Francisco se passava por professor de uma escola daqui de Barra do Corda, mas, na verdade, ele ainda está cursando o ensino médio e trabalha na manutenção de computadores e substituía alguns professores quando estavam ausentes. Esse contato dentro dessa escola facilitava o assédio aos jovens estudantes. Já o Mizael, embora trabalhasse no comércio daqui, fazia parte de uma escolinha de futebol e dessa forma tinha amplo acesso para aliciar crianças e adolescentes”, afirmou Renilto Ferreira, delegado de Barra do Corda.

Segundo a polícia, os dois homens confessaram os crimes e tiveram prisão temporária decretada pela justiça.

Carregando