Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Prefeitura altera trânsito em trecho da Rua Rio Branco para avanço das obras do Complexo Deodoro

A partir das 17h deste sábado, será interditado o trecho da Rua Rio Branco, que fica entre as praças do Pantheon e Deodoro

Prefeitura altera trânsito em trecho da Rua Rio Branco para avanço das obras do Complexo Deodoro. (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de São Luís vai realizar nova alteração de trânsito na área do Centro da cidade, para garantir o avanço das obras de reforma do Complexo Deodoro, que abrange as praças do Pantheon e Deodoro e as Alamedas Silva Maia e Gomes de Castro e estão sendo executadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em parceria com a Prefeitura de São Luís. A partir das 17h deste sábado, será interditado o trecho da Rua Rio Branco, que fica entre as praças do Pantheon e Deodoro. Com a modificação, 26 linhas de ônibus passarão a fazer novo trajeto.

Com a interdição desse trecho, as linhas de ônibus que circulam na Avenida Gomes de Castro, seguindo para a Rua Rio Branco, terão que desviar o trajeto passando agora por trás do Ginásio Costa Rodrigues, seguindo pela Silva Maia, para depois descer a Rua Rio Branco. A modificação será coordenada pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT).

Segundo o titular da SMTT, Canindé Barros, não haverá alterações para as linhas que trafegam pela Gomes de Castro, para depois descer a Rua do Passeio. Estas continuam realizando o mesmo trajeto, pois o trecho interditado não atinge a Rua do Passeio. O secretário explica ainda que com a mudança do trajeto para os veículos que seguem para a Rua Rio Branco, as paradas de ônibus dessas linhas, que antes ficavam na Alameda Gomes de Castro, serão agora redistribuídas ao longo da Avenida Silva Maia.

“As alterações no trânsito na área também estão valendo para a circulação de carros de passeio. Para orientar os motoristas sobre as mudanças do trânsito na área e facilitar o acesso correto às vias que eles precisam seguir, estaremos atuando com agentes de trânsito nas imediações do Ginásio Costa Rodrigues, para melhor indicar os acessos liberados”, observou Canindé Barros.

Com a modificação, 26 linhas de ônibus passarão a fazer este novo trajeto. Entre elas estão Sá Viana, Campus, Gapara, Vila Embratel, São Mateus/Ariri, Vila Nova/Sol Nascente, Ilha da Paz, Vila Nova/ Mauro Fecury, São Francisco, Ponta d’Areia, Calhau Litorânea, Circular Anel Viário, Calhau/Bandeira Tribuzzi, Terminal Praia Grande/ Terminal Cohama, Calhau Litorânea, Altos do Calhau, Parque Timbira/Bom Jesus, Parque Timbira/Coroadinho, Alemanha, Bom Milagre, Bairro de Fátima/Parque Amazonas, Parque Dos Nobres, Cidade Operária/São Francisco, Cidade Olímpica/Ipase, Socorrão 2 e Ipem Turu.

OBRAS

As alterações nesse trecho da Rua Rio Branco estão sendo executadas para permitir a continuidade das obras de reforma do Complexo Deodoro. Nessa área da via, a intervenção compreende a retirada da camada asfáltica para colocação de novo revestimento em bloco de concreto intertravado, com resistência para a circulação de veículos pesados. O espaço entre as praças do Pantheon e Deodoro será nivelado, para unificar os dois logradouros, priorizando os espaços destinados à circulação de pedestres.

Na manhã desta sexta-feira (15), o superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), no Maranhão, Maurício Itapary, realizou nova vistoria às obras no local. Segundo o gestor o Iphan no estado, a intervenção faz-se necessária, pois, de acordo com o projeto da obra, a configuração da Praça do Pantheon foi reformulada para unificar os dois logradouros a partir da escadaria da Biblioteca Pública Benedito Leite.

Na vistoria, Itapary destacou também a importância da obra para a cidade e ressaltou o avanço dos serviços na área. “Já estamos com mais de 75% dos serviços concluídos no Complexo Deodoro. Na área da Praça do Pantheon, por exemplo, falta praticamente apenas a parte de implantação de mobiliário urbano, como bancos, lixeiras e sinalização. É uma obra que vai contribuir significativamente com a revitalização desse setor da capital. A Prefeitura de São Luís tem contribuído com todo esse processo, que vai resultar em muitos benefícios para a população que ganhará uma área completamente reestruturada”, disse o superintendente do Iphan.

Com a obra, São Luís ganhará novas ambientações no Centro da cidade, adquirindo uma nova configuração urbanística com espaços de lazer para moradores, turistas, frequentadores do centro comercial da cidade e trabalhadores da região.

Carregando