Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Polícia prende mulher acusada de planejar assassinato do ex-marido em Imperatriz

A vítima foi assassinada com 18 golpes de faca no dia 20 de janeiro deste ano

Foto: Reprodução

A Polícia Civil prendeu nessa sexta-feira (22), em Imperatriz, Leidimar da Silva, conhecida como “Neneca”, suspeita de participar do assassinato de seu ex-companheiro Nelson Rodrigues dos Santos, no dia 20 de janeiro de 2018.

Nelson dos Santos já tinha sido preso temporariamente acusado de agredir fisicamente “Neneca”. Após ser colocado em liberdade, se mudou para Bom Jardim mas, a convite de Leidimar, foi a Imperatriz.

A vítima foi assassinada com 18 golpes de faca quando bebia na companhia de Davi Júlio Barros Almeida, o “Davi Junior”, e Elivan Francisco Costa De Almeida, o “Livan”.

O Caso

As investigações apontaram, na época, que Leidimar da Silva matinha um relacionamento extraconjugal com Elivan Francisco, razão pela qual aconteceu o homicídio. Ela ainda foi presa temporariamente, mas acabou sendo solta logo em seguida, por falta de provas. Conforme consta nos autos, o trio de investigados passou toda a tarde daquele dia em companhia da vítima bebendo. Em dado momento, “Davi Júnior” e “Livan” passaram a atacar a vítima, com o consentimento da mulher. A vítima morreu no local.

Os dois assassinos evadiram-se do local após o crime. “Livan” continua foragido. Davi Júlio conseguiu ser preso.

‘Neneca’ foi localizada e presa em sua residência, sendo conduzida à sede da Delegacia de Homicídios de Imperatriz para o cumprimento da prisão. Em seguida, ela foi levada à Unidade Prisional de Davinópolis, encontrando-se à disposição da justiça.

Carregando