Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Assinado termo para recuperação das áreas de recargas de água no Parque Estadual do Bacanga

O Secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Marcelo Coelho, assinou, dia 28 de junho, o Termo de Colaboração com a Organização da Sociedade Civil (OSC), que atuará no projeto Floresta Protetora dos Mananciais, no âmbito do Programa Maranhão Verde. O projeto será executado no interior do Parque Estadual do Bacanga e objetiva […]

Foto: Reprodução

O Secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Marcelo Coelho, assinou, dia 28 de junho, o Termo de Colaboração com a Organização da Sociedade Civil (OSC), que atuará no projeto Floresta Protetora dos Mananciais, no âmbito do Programa Maranhão Verde.

O projeto será executado no interior do Parque Estadual do Bacanga e objetiva a recuperação das nascentes, matas ciliares e áreas de recargas situadas dentro da unidade de conservação, contemplando, incialmente, as regiões do Reservatório do Batatã e do Rio Prata.

Programa Maranhão Verde

O Programa Maranhão Verde foi instituído pela Lei Estadual nº 10.595/2017, regulamentada pelo Decreto Estadual nº 32.969/2017, e tem como objetivo incentivar e promover a recuperação dos ecossistemas, promover a cidadania, a melhoria das condições de vida e a elevação de renda da população em situação de extrema pobreza que exerça atividades de conservação e recuperação dos recursos naturais, além de incentivar a participação de seus beneficiários em ações de capacitação ambiental, social, educacional, técnica e profissional.

Parque Estadual do Bacanga

Criado pelo Decreto Estadual nº7.545/1980, com área total de 3.075ha, o Parque Estadual do Bacanga é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral, que tem como objetivo básico a preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação e interpretação ambiental, de recreação em contato com a natureza e de turismo sustentável.

O Parque foi criado pelo Decreto Estadual nº7.545/1980 com área total de 3.075ha, principalmente, devido a existência de mananciais superficiais e subterrâneos.

Carregando