Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Moradores da Ponta d’Areia em São Luís reclamam de esgotos a céu aberto

Segundo relatos enviados à redação do Jornal Pequeno, há quatro dias dois bueiros estão jorrando esgoto

Foto: Reprodução

Moradores da região da Ponta d’Areia, em São Luís, voltaram a reclamar dos constantes problemas relacionados à tubulação de esgoto, principalmente na área que compreende a Avenida Nina Rodrigues.

Segundo relatos enviados à redação do Jornal Pequeno, há quatro dias dois bueiros estão jorrando esgoto, prejudicando principalmente os moradores das casas em frente a Avenida.

“A Caema vem, olha e vai embora. Quando questionamos afirmam que o problema não é esgoto e sim a maré de sizígia. Basta ver que não é problema de maré e sim de vazamento constante de esgoto. É uma situação que já perdura há anos e ninguém faz nada para solucionar. Precisamos conviver dia e noite com o cheiro insuportável”, afirmou uma moradora da região que preferiu não se identificar.

No momento em que a reportagem do JPOnline estava no local verificando a situação, diversos motoristas pararam a equipe para reclamar e afirmar que os problemas nunca são solucionados.

“O esgoto para de jorrar, passa quatro dias e volta tudo de novo. Antes era apenas um bueiro, agora todos os bueiros na extensão da Avenida Nina Rodrigues começaram a não suportar a pressão”, afirmou um motorista.

Em contato com o JPOnline, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) afirmou que há uma série de intervenções operacionais com relação à infraestrutura do sistema de esgotamento sanitário da Ponta d’Areia, especificamente, na região da Península. Dentre elas, está a  implantação  de  uma nova rede interceptora, que está em andamento, para que a Caema possa atuar com maior eficiência na coleta e tratamento de esgotos da região.

Ainda segundo a nota, uma equipe estará se deslocando para o local para inspecionar o problema e, se possível, adotar de as providências cabíveis para solução.

 

Carregando