Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Curtas Maranhenses são selecionados para o 29º Festival Internacional

O evento será no dia 22 de agosto a 2 de setembro em São Paulo

O 29º Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo contará com dois participantes maranhenses. Estão entre os selecionados na categoria Filmes Brasileiros os curtas “ Aquarela” de Thiago Kistenmaker e Al Danuzio Coutinho, que também foi indicado ao prêmio nacional de Gramado, e o curta “Alcebíades” de Breno Nina.

Aquarela participará também do 46º festival de Gramado.
(Foto: Reprodução/Instagram)


Aquarela
A produção baseada em fatos reais tem duração de 12 minutos e conta a história de Ana que mora com sua sogra e filha enquanto Marcelo, seu noivo, aguarda julgamento preso. Ignorando o pedido do marido, ela o visita na penitenciária e a humilde família passa a ser ameaçada pelo líder da facção mais violenta do local. Ana detém o destino de Marcelo nas mãos, em uma situação onde todos se encontram encarcerados.

O curta representou o Maranhão em 2017 no Festival do Rio.
(Foto: Divulgação)

Alcebíades
O curta-metragem maranhense de ficção, que conta em 13 minutos de duração uma história baseada em um trecho do poema de Ferreira Gullar, fazendo crítica aos fatos do cotidiano. O curta também foi indicado ao Festival do Rio em 2017.

O evento vai ocorrer no dia 22 de agosto a 2 de setembro na cidade de São Paulo. A lista completa dos participantes já está disponível no site do festival.

O Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo – Curta Kinoforum
É um dos maiores e mais tradicionais eventos dedicados ao formato do curta-metragem no mundo. Realizado desde 1990 na cidade de São Paulo, já se tornou um marco na agenda cultural da cidade por sua programação ampla e diversificada, que é exibida gratuitamente em diversas salas de cinema e centros culturais na cidade.

A cada ano, o Festival seleciona cerca de 400 produções de uma ampla gama de países, procurando representar a diversidade e a variedade da produção de curta-metragem no mundo, e ampliar o diálogo do audiovisual internacional com a produção latino-americana.

Carregando