Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Uso do celular ao volante é a terceira maior causa de acidentes de trânsito

Condutores insistem em falar ao telefone ou usá-lo para enviar e receber mensagens na condução de carros e motocicletas

Foto: Reprodução

Dirigir e utilizar o celular ao mesmo tempo é a terceira maior causa de mortes no trânsito em todo o país. De acordo com a Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abranet), são 150 vítimas por dia e 54 mil por ano, e só perde em números de fatalidades para o excesso de velocidade e a embriaguez ao volante.

Apesar do risco elevado de acidentes e do fato de que a legislação ficou ainda mais rígida desde o ano passado, a infração ainda é muito comum. De acordo com a legislação vigente, os motoristas podem ser multados segurando, manuseando e usando o celular enquanto dirigem. No Maranhão, de acordo com os dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MA), só no primeiro semestre deste ano, 5.125 condutores foram autuados dirigindo veículos utilizando-se de celular. Dessas infrações, 1.717 foram cometidas na capital São Luís.

Condutores insistem em falar ao telefone ou usá-lo para enviar e receber mensagens na condução de carros e motocicletas, ação cada vez mais praticada com o surgimento de diversos aplicativos. A diretora geral do Detran-MA, Larissa Abdalla, fala que o trânsito é um local perigoso e requer toda a atenção de quem está na condução de veículos.

“Com a evolução da tecnologia móvel e o crescimento no comércio de aparelhos cada vez mais modernos, usar o celular no trânsito se tornou um comportamento frequente e muito perigoso. O motorista deixa de estar atento ao volante e no que acontece em sua volta para mandar mensagens ou acessar redes sociais. Esse comportamento além de ser infração gravíssima é uma das principais causas de acidentes”, disse Larissa Abdalla.

Para o motorista de ônibus, Alberto Filho Martins, hoje a cena mais comum no trânsito, é ver pessoas dirigindo utilizando o celular. “Eu fico muito chateado quando olho para o veículo parado ao lado e percebo que o condutor está mandando mensagens enquanto o sinal está fechado. O sinal abre e o carro fica lá parado enquanto a pessoa está distraída com o celular. É preciso mais respeito às leis e responsabilidade de cada condutor”, ressaltou o motorista.

O uso do celular no trânsito não é um perigo só para os motoristas, mas também para os pedestres. A estudante, Manoela Dias, por exemplo, relata que quase foi atropelada na faixa de pedestres próximo à faculdade onde estuda, por estar distraída com o celular na hora da travessia. “Eu me distraí vendo mensagens no celular e quando vi o carro freou bem em cima de mim. Isso serviu de exemplo para nunca mais me distrair no trânsito usando o celular, mesmo quando eu só estiver na posição de pedestre”, disse Manoela.

Segundo o art. nº 252 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o motorista que for flagrado utilizando o celular ao volante, será autuado por infração gravíssima, perderá 7 pontos da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além de multa no valor de R$ 293,47.

Carregando