Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Sampaio perde para o Criciúma no Castelão

A equipe boliviana volta a campo na próxima sexta-feira, em partida que abre o returno contra o Coritiba, no Estádio Couto Pereira

Foto: Elias Auê

Uma noite com sabor amargo para o Sampaio Corrêa. Em partida disputada no Estádio Castelão, a equipe Tricolor perdeu por 1×0 para o Criciúma e não conseguiu se movimentar na tabela.

O jogo

Com a necessidade extrema da vitória, o Sampaio Corrêa ensaiou as primeiras investidas, rondando a área adversária. Diego Silva arriscou de longe, e a bola passou rente à trave.

O Criciúma articulava por meio de lançamentos longos para tentar pegar a defesa Tricolor desprevenida, mas levava perigo também nas bolas alçadas na área. Gustavo Busatto teve trabalho com a artilharia aérea.

O melhor lance do Sampaio surgiu com Mateusinho, que recebeu dentro da grande área um passe por elevação e chutou à queima-roupa, o goleiro catarinense mandou para escanteio.

O primeiro tempo seguiu disputado, faltoso, sem muitas oportunidades claras de gol, e chegou ao fim sem movimentação no marcador.

Etapa final de muita tensão. Em lance polêmico, a arbitragem não marcou falta de ataque do Criciúma, que se aproveitou da vantagem na jogada para abrir o placar, aos dez minutos.

No prejuízo, o Sampaio abriu a guarda de vez, e foi para cima. Mateusinho arrastou a defesa do Criciúma e chutou cruzado, a bola raspou a trave. Bruninho também arriscou um tiro que passou rente o poste esquerdo.

O ataque contra a defesa persistiu. O Sampaio ocupava o campo ofensivo, tentando empatar, enquanto o Criciúma marcava com as onze peças atrás da linha da bola, mas levava perigo quando saia em contra-ataque.

Com o cronômetro como adversário extra, a equipe Tricolor tentou arrancar forças do fundo da alma para, pelo menos, igualar o confronto, mas nada mais aconteceu até o apito final

A equipe boliviana volta a campo na próxima sexta-feira, em partida que abre o returno contra o Coritiba, no Estádio Couto Pereira.

Ficha Tricolor

Gustavo Busatto, Marcelo, Joécio, Maracás e Kaike; Willian Oliveira, Diego Silva (Esquerdinha) e Fernando Sobral; Bruninho (João Paulo), Mateusinho e Uilliam (Alison).

Carregando