Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Câmara de São Luís informatiza serviço de protocolo

Para a Câmara, o novo sistema vai garantir economia de papel e de tempo, além de resultar em um ganho de produtividade

Astro de Ogum. (Foto: Reprodução)

Em qualquer repartição pública, dar entrada em algum tipo de processo ou fazer o acompanhamento dele pode ser algo demorado.

Com o objetivo de otimizar a entrada, bem como o acesso à tramitação de processos e documentos circulantes entre departamentos ou encaminhados para órgãos externos, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PR) implantou, no mês de janeiro deste ano, o novo Sistema de Protocolo Eletrônico.

Antes da instalação da plataforma, o chefe do legislativo investiu na qualificação profissional de servidores que atua no setor e, ao mesmo tempo, melhorou a vida das pessoas que solicitam serviços na Casa de Leis. O novo instrumento está sendo utilizado para tramitações de processos.

Ao destacar mais essa novidade em sua gestão, Astro de Ogum afirmou que a Câmara possuía um sistema de protocolo antigo, que não acompanhava a evolução da administração pública, pois já estava em desuso em algumas repartições.

“Com esse novo sistema, vamos organizar, gerenciar e localizar todos os processos de forma mais ágil e segura, obtendo um maior controle sobre estes documentos. E quem sai ganhando é a população, que tem mais transparência e agilidade na execução dos serviços”, explicou Ogum.

A servidora Elenaide Silva de Azevedo, que é chefe do Departamento de Protocolo e Portaria, disse que o novo sistema vai otimizar os trabalhos, permitindo um gerenciamento melhor do tempo de serviço e dando um maior controle sobre os processos protocolizados na Câmara.

A nova plataforma proporciona um ganho em velocidade para os interessados, que poderão acompanhar o desenvolvimento dos processos de forma mais rápida e, inclusive, consultar o parecer de cada setor. Esse sistema também garante muito mais transparência nos procedimentos, pois ao solicitar um pedido, o cidadão já fica sabendo o prazo da resposta da solicitação.

Para a Câmara, o novo sistema vai garantir economia de papel e de tempo, além de resultar em um ganho de produtividade.

Carregando