Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Brasil tem maior número de assassinatos da história com 7 mortes por hora em 2017

De acordo com o anuário, o Maranhão mata quase três vezes mais que São Paulo

Foram apreendidas 119.484 armas de fogo em 2017 (Foto: Reprodução)

Brasil registrou 63.880 mortes violentas em 2017, o maior número de homicídios da história, segundo dados divulgados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública na manhã desta quinta-feira (9). Foram 175 assassinatos por dia no ano passado, sete por hora – um aumento de 2,9% em relação a 2016. Os estupros aumentaram 8,4% de um ano para o outro.

O Rio Grande do Norte registrou a maior taxa de mortes violentas por 100 mil habitantes: 68, seguido por Acre (63,9) e Ceará (59,1). As menores taxas estão em São Paulo (10,7), seguida de Santa Catarina (16,5) e Distrito Federal (18,2). As capitais com as maiores taxas são Rio Branco (AC), com 83,7 por 100 mil habitantes e Fortaleza (CE), com 77,3.

O Maranhão teve uma taxa de 29,4, quase o triplo do número registrado no Estado de São Paulo. As menores taxas estão em São Paulo (10,7), seguida de Santa Catarina (16,5) e Distrito Federal (18,2). O número de estupros cresceu no país no período. Foram 60.018 casos registrados no país no ano passado, aumento de 8,4% em relação a 2016.

Os casos de latrocínio diminuíram 8,4%, indo de 2.527 para 2.333 casos em todo o país. O fórum também contabilizou o número de mulheres vítimas de homicídio no ano passado: 4.539 (aumento de 6,1% em relação a 2016). Desse total, 1.133 foram vítimas de feminicídio. Ao todo, 221.238 foram registros de violência doméstica (606 casos por dia).

Foram apreendidas 119.484 armas de fogo em 2017, crescimento de 0,2% em relação ao ano anterior. Destas, 94,9% não foram cadastradas no sistema da Polícia Federal. Segundo o diretor do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Renato Sérgio de Lima, isso diz muito sobre o debate de armas no país, já que não é dificilmente é possível rastrear o que aconteceu com esses 94,9% de armas apreendidas e não registradas.

Carregando