Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

SESI realiza palestra para discutir interações em Saúde e Segurança no eSocial para empresas em São Luís

A palestra ocorre dia 14 de agosto a partir das 17h, no Salão Nobre da Casa da Indústria Albano Franco, sede da Federação em São Luís

Foto: Reprodução

Com o objetivo de alertar os empresários da indústria e profissionais envolvidos na gestão de Saúde e Segurança do Trabalho sobre os prazos de inserção de dados obrigatórios no eSocial, o Serviço Social da Indústria (SESI), entidade do Sistema FIEMA, promove no próximo dia 14 de agosto, a palestra “eSocial e suas interações em Saúde e Segurança”.

A palestra ocorre a partir das 17h, no Salão Nobre da Casa da Indústria Albano Franco, sede da Federação em São Luís e será ministrada pelo médico especialista do Departamento Nacional do SESI, Cláudio Patrus de Campos Bello, pós-graduado em Medicina do Trabalho pela Faculdade de Ciências Médicas de MG e em Ergonomia pela UFMG; MBA em Gestão de Projetos e Gestão de Saúde; consultor com experiência em gestão de saúde focado em redução de passivos em empresas de grande porte; Perito judicial. Atualmente é referência nacional em consultoria de Saúde e Segurança do Trabalho para o tema eSocial.

INSCRIÇÕES – A palestra é gratuita e as inscrições podem ser realizadas uma hora antes no local da ação que é destinada para empresários, gestores de RH, gestores de SST e contadores que trabalham com o novo Sistema de Escrituração Digital do Governo Federal.

eSOCIAL – Vale ressaltar que por meio desse sistema, os empregadores passarão a comunicar ao Governo, de forma unificada, as informações relativas aos trabalhadores, como vínculos, contribuições previdenciárias, folha de pagamento, comunicações de acidente de trabalho, aviso prévio, escriturações fiscais e informações sobre o FGTS.

A transmissão eletrônica desses dados simplificará a prestação das informações referentes às obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas, de forma a reduzir a burocracia para as empresas. A prestação das informações ao eSocial substituirá o preenchimento e a entrega de formulários e declarações separados a cada ente.

A implantação do sistema viabilizará garantia aos diretos previdenciários e trabalhistas, racionalizará e simplificará o cumprimento de obrigações, eliminará a redundância nas informações prestadas pelas pessoas físicas e jurídicas, e aprimorará a qualidade das informações das relações de trabalho, previdenciárias e tributárias.

O projeto eSocial é uma ação conjunta dos seguintes órgãos e entidades do governo federal: Secretaria da Receita Federal do Brasil – RFB, Caixa Econômica Federal, Instituto Nacional do Seguro Social – INSS e Ministério do Trabalho e Emprego – MTE.

Carregando