Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Seleção brasileira de vôlei vence a Holanda no segundo amistoso

Em Manaus, equipe dirigida pelo técnico Renan conseguiu o segundo resultado positivo na série de três confrontos

Bloqueio triplo do Brasil. (Foto: Michael Dantas/Inovafoto/CBV)

O Brasil conseguiu mais um resultado positivo na série de amistosos que faz contra a Holanda. Depois de jogar em Brasília (DF) e vencer por 3 sets a 0 no último sábado (18.08), a seleção masculina de vôlei jogou em Manaus (AM) na noite desta segunda-feira (20.08) e, na Arena Amadeu Teixeira, venceu por 3 a 1 (23/25, 25/17, 25/23 e 25/19). O oposto Wallace foi o maior pontuador do confronto entre os brasileiros, com 14 acertos. Os centrais Lucão e Maurício Souza também se destacaram, com 13 e 12 pontos, respectivamente.

Os amistosos servem como preparação para o Campeonato Mundial, que vai ser disputado de 9 a 30 de setembro, na Bulgária e na Itália. Como mais uma oportunidade para o técnico Renan, a seleção vai a Belém (PA), onde fará o último amistoso contra os holandeses na quarta-feira (22.08), às 19h, em Belém, na Arena Guilherme Paraense. Os ingressos estão à venda no site www.tudus.com.br e na bilheteria do ginásio.

O levantador Bruninho fez uma análise da partida e falou sobre o momento atual do time verde e amarelo.

“Jogamos uma boa partida. Fomos bem no setor defensivo e sacamos com eficiência. Demoramos um pouco para entender o sistema de jogo do levantador da Holanda, que mudou em relação ao último jogo. A Holanda também jogou melhor e forçou mais o saque. Precisamos ter mais paciência quando eles quebrarem nosso passe”, disse Bruninho, que ainda falou sobre a expectativa para o Mundial.

“Sabemos que vamos encontrar talvez o Mundial mais equilibrado de todos os tempos, com pelo menos seis ou sete equipes que podem vencer. Então, esses jogos estão sendo importantes para ganharmos ritmo de jogo e para vermos onde precisamos crescer. Temos três semanas para melhorar e foi muito bom jogar com o calor dessa torcida de Manaus”, afirmou Bruninho.

Aniversariante do dia, o ponteiro Douglas Souza, que completou 23 anos, comentou sobre a felicidade de comemorar o aniversário dentro de quadra.

“A Holanda vem evoluindo a cada jogo. Hoje já foi bem mais difícil do que o primeiro amistoso. Sabemos que ainda temos bastante o que evoluir e estamos fazendo testes. Posso dizer que nunca vou esquecer desse aniversário. Estou muito feliz”, disse Douglas Souza.

O treinador Renan elogiou a boa atuação da equipe na vitória desta segunda-feira contra a Holanda.

“O time está de parabéns. Ainda precisamos melhorar uma série de situações durante o jogo. No entanto, nós crescemos nas dificuldades. Começamos o jogo perdendo o primeiro set, mas o time soube ter paciência e maturidade para reverter essa situação e fechar os sets nas horas decisivas”, explicou Renan.

Sessão de autógrafos em Belém

Depois de passar por Brasília e Manaus, a seleção brasileira masculina de vôlei segue para Belém (PA) para o terceiro e último compromisso da série contra os holandeses. O amistoso será na quarta-feira (22.08), às 19h, e, no dia seguinte, a equipe terá contato com os torcedores. Na quinta (23.08), os jogadores estarão em sessão de autógrafos no Shopping Grão Pará – Rede Iguatemi, das 09h às 10h.

O JOGO

O jogo começou equilibrado. Com um ponto de saque do ponteiro Lucas Loh, o Brasil fez 4/3. A Holanda se destacava no saque e abriu dois pontos (8/6). Se aproveitando dos erros do time holandês, o Brasil deixou tudo igual na partida (14/14). O central Lucão conseguiu uma sequência de sete saques e o Brasil abriu três pontos (17/14). Bem no bloqueio, a Holanda deixou tudo igual no marcador (20/20). A Holanda foi melhor na parte final da parcial e venceu o primeiro set por 25/23.

O Brasil fez os dois primeiros pontos da segunda parcial. Com um ponto de saque do ponteiro Kadu, o Brasil abriu três pontos (7/4). O bloqueio dos brasileiros era eficiente e a equipe do treinador Renan aumentou a vantagem para seis pontos (10/4). Com um ponto de bloqueio, o Brasil fez 17/12. O Brasil dominou a parte final da parcial e venceu o segundo set por 25/17.

A Holanda voltou melhor para o terceiro set e fez 8/5. Com Lucão bem no saque, o Brasil encostou no placar (11/9). O bloqueio do Brasil voltou a funcionar e a equipe do treinador Renan deixou tudo igual no placar (15/15). O Brasil cresceu de produção no final da parcial e fez 21/20. Com um erro da Holanda, o time verde e amarelo levou a melhor no terceiro set por 25/23.

O Brasil manteve o bom momento no quarto set e fez 4/2. A Holanda equilibrou a parcial e virou o marcador (9/8). Com um ponto de saque do central Lucão, o Brasil voltou a liderar o placar (11/10). O volume de jogo dos brasileiros apareceu e a diferença no marcador subiu para três pontos (16/13). O Brasil não deu chances para a Holanda no final da parcial e venceu o quarto set por 25/19 e o jogo por 3 sets a 1.

EQUIPES

BRASIL – Bruno, Wallace, Lucão, Maurício Souza, Kadu e Lucas Lóh. Líbero – Thales
Entraram – Rodriguinho, Lipe, Douglas Souza, Evandro, William e Maique
Técnico: Renan

HOLANDA – Van Haarlem, Ter Maat, Ter Horst, Van Garderen, Jasper e Parkison. Líbero – Sparidans
Entraram – Nimir, Smit,
Técnico – Gido Vermeulen

Carregando