Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Pesquisa Exata/JP para o Senado mostra Lobão e Sarney Filho liderando

Segundo a pesquisa há uma pequena diferença entre os cinco principais candidatos para as duas vagas em disputa este ano

Candidato à reeleição, Edison Lobão (MDB) apareça na frente, com 25 pontos – somando as intenções de voto na primeira e na segunda vaga

No Maranhão, a eleição para o Senado deste ano será disputada voto a voto. Dados da Pesquisa Exata contratada pelo Jornal Pequeno revelam que um cenário embolado, com pequena diferença entre os cinco principais candidatos para as duas vagas em disputa este ano.

Candidato à reeleição, Edison Lobão (MDB) apareça na frente, com 25 pontos – somando as intenções de voto na primeira e na segunda vaga.

Ele é seguido de perto por Sarney Filho (PV), com 24%. Logo depois vêm Zé Reinado (PSDB) e Weverton Rocha (PDT), ambos com 20% e Eliziane Gama (PPS), com 18%. Atrás está Alexandre Almeida (PSDB), com 11%. Um pelotão atrás está Preta Lu (PSTU), com 4%, Samuel Campelo (PSL) com 3%, Saulo Pinto (PSOL) com 2% cada. Saulo Arcangeli (PSTU) e Iêgo Brunno (PCB) figuram na ‘lanterna’ com 1% cada.

Nada menos que 43% dizem que pretendem votar em branco ou nulo. E outros 26% ainda não definiram candidato. Em relação a julho, quando houve o outro levantamento para o Senado Federal feito por Exata/JP, os senadores apareciam praticamente empatados em primeiro lugar o senador Edison Lobão (MDB), com 24% das intenções totais de voto, e Sarney Filho (PV), que tem 23%. Logo atrás vinham Eliziane Gama (PPS) com 20%, mesmo número de Weverton Rocha (PDT), 20%. Zé Reinaldo (PSDB) com 16%.

Presidente

Na corrida presidencial, a pesquisa Exata contratada pelo Jornal Pequeno revela que o ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro da Educação, Fernando Haddad (PT), é o favorito entre os maranhenses na disputa presidencial, com 47% das intenções de votos.

Haddad é candidato a vice-presidente na chapa encabeçada por Luís Inácio Lula da Silva (PT) até o trâmite final da homologação da candidatura de Lula na Justiça Eleitoral. Caso a candidatura do ex-presidente seja impugnada, Haddad assume em seu lugar e a deputada estadual gaúcha Manuela D’Ávila (PCdoB), será a candidata a vice.

Segundo o Exata/JP, para o eleitorado maranhense o candidato apoiado por Lula, Fernando Haddad, venceria as eleições no primeiro turno com uma diferença de 30 pontos percentuais em relação ao segundo colocado, Jair Bolsonaro (PSL), preferido para 17% dos entrevistados. Em seguida, aparecem os candidatos Marina Silva (Rede), com 8%; Ciro Gomes (PDT), com 6% e Geraldo Alckmin (PSDB),
com 2%. Álvaro Dias (Podemos), Vera Lúcia (PSTU) e Henrique Meirelles (MDB) figuram no estudo com 1% cada um. Cabo Daciolo (Patriota), Guilherme Boulos (PSOL), João Amoêdo (Novo), João Goulart Filho (PPL) e José Maria Eymael (DC) não pontuaram. Brancos e nulos somaram 13% e 4% disseram não saber ou não responderam.

Outro cenário

O Instituto Exata projetou ainda cenário onde Lula é candidato. Se as eleições fossem hoje e a candidatura de Lula seja deferida, o petista venceria a disputa também no primeiro turno com 67% das intenções de votos, mais de 50 pontos à frente de Jair Bolsonaro, que nesse panorama somou 15%. Logo atrás aparece Marina Silva, com 4% e Ciro Gomes, com 3%. Álvaro Dias, Geraldo Alckmin e
Cabo Daciolo figuram com 1% cada. João Amoêdo, Henrique Meirelles, Vera Lúcia, Eymael, Guilherme Boulos e João Goulart Filho não pontuaram nesse contexto.

Registrada no TSE sob o número MA-07422/2018, a pesquisa Exata/JP ouviu a opinião de eleitores de todo o Maranhão entre os dias 19 e 23 de agosto. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%.

Carregando