Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Sampaio mostra raça e supera o Paysandu na Curuzu

O próximo desafio do Sampaio Corrêa é novamente fora de casa, na próxima sexta-feira, contra o CRB, no Estádio Rei Pelé, às 21h30

Uilliam marcou o gol da vitória boliviana (Foto: Lucas Almeida)

O Sampaio Corrêa superou o gramado irregular, a torcida adversária e o peso dos 12 jogos sem vencer para conquistar três pontos na Curuzu e manter acesa a chama da permanência na Série B.

O gol de Uilliam, com classe, estilo e requintes de crueldade, deu a vitória ao Tricolor de São Pantaleão, que terá na sequência mais um desafio fora de casa para tentar respirar ainda mais aliviado na competição.

O jogo

A forte chuva que caiu na cidade de Belém deixou o gramado do Estádio da Curuzu bastante alagado, prejudicando o toque de bola das equipes. A melhor alternativa era na bola parada, e o Sampaio foi o primeiro a fazer uso desse artifício. Sobral bateu falta com violência, da intermediária, obrigando o goleiro paraense a espalmar para o lado.

O Paysandu respondeu pelo alto. A cabeçada passou rente à trave. O adversário chegou com perigo novamente em jogada pela esquerda, mas Busatto mandou para escanteio.

O Sampaio assustou novamente em cobrança de falta. Jocinei bateu da lateral, a bola quicou na pequena área e quase entra, o goleiro do Paysandu salvou milagrosamente. Foi por pouco.

Apesar do jogo bem disputado e das oportunidades criadas, a equipes seguiram para o vestiário sem movimentar o placar.

A primeira ameaça na etapa final foi do Paysandu, que clareou uma jogada dentro da área, mas Busatto cresceu na frente do escanteio e salvou o lance.

O confronto ficou aberto e o Sampaio passou a rondar a área do adversário, fustigando em busca do primeiro gol, que veio com grande jogada de Julinho pela esquerda. O lateral arrastou a defesa paraense e cruzou na área para o desvio sutil de Uilliam. Golaço. Bolivão 1×0.

O gol colocou o desespero nas costas do Paysandu, que se lançou ao ataque para tentar igualar o confronto, mas esbarrava no muro Tricolor. O Sampaio tinha o contra-ataque, e até chegou a marcar com Bruninho, mas o bandeirinha assinalou impedimento.

Os minutos finais foram de pura tensão, mas a equipe boliviana controlou as jogadas finais e saiu da Curuzu com os três pontos na conta.

O próximo desafio do Sampaio Corrêa é novamente fora de casa, na próxima sexta-feira, contra o CRB, no Estádio Rei Pelé, às 21h30.

Ficha Tricolor

Busatto, Luis, Gustavo (Bruno Moura), Rogério, Maracás e Julinho; Adílson Goiano (Willian Oliveira), Jocinei (Eloir) e Fernando Sobral; Mateusinho, Bruninho e Uilliam.

Carregando