Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Criolina participa do 25° Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga (FNT)

São oito dias de programação, somando mais de 50 apresentações para público de todas as idades e ações formativas. O acesso é gratuito

Criolina. (Foto: Divulgação)

O grupo maranhense Criolina leva o show Radiola em Transe ao 25° Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga (FNT), que acontece de 1 a 8 de setembro na cidade serrana do Ceará. A apresentação será no dia 5, às 20h30, na Praça do Teatro Municipal Rachel de Queiroz, como parte da Mostra Nordeste do festival. Toda a programação do FNT tem acesso gratuito.

Radiola em Transe é o terceiro CD da dupla Criolina, formada por Alê Muniz e Luciana Simões. São 13 faixas que dialogam com a psicodelia e sonoridades dos anos 1970. Vão do reggae do rock, do ragga à dança do lelê, entre outros gêneros e ritmos. As faixas têm autoria da dupla, duas delas em parceria com o poeta Celso Borges.

Comemorando seu jubileu de prata, o FNT escolheu contemplar os valores presentes em todas as edições do Festival e que estruturam sua via de crescimento, diversidade e diálogo plural: as artes da cena. São mais de 50 apresentações de teatro, circo, dança e música. O Festival em 2018 extrapola as convencionalidades de um evento cultural e configura-se como uma PLATAFORMA que fomenta processos de criação, reflexão e fruição artística, mecanismos de difusão e circulação e acessos à produção cênica.

ABERTURA

A programação do 25° FNT inicia neste sábado, dia 1° de setembro, às 16h, com o tradicional cortejo pelas ruas de Guaramiranga. Em seguida, às 17h30, a Cia Carroça de Mamulengos, de Juazeiro do Norte, abre a programação da Mostra Palco Ceará com a peça “Babauzeiro”, na Central de Artesanato.

A Praça do Teatro Municipal será palco da solenidade de abertura, que iniciará às 19h e também do primeiro espetáculo da Mostra Nordeste, “Os cavaleiros da triste figura”, do grupo teatral Boca de Cena (SE). No Teatro Raquel de Queiroz, às 20h30, o grupo cearense Teatro Máquina apresenta “Nossos Mortos”, também como parte da Mostra Nordeste. E às 21h30, na Mostra Ceará Convida, o FNT recebe a paulista Companhia do Latão, dirigida por Sérgio de Carvalho, com o espetáculo “Lugar Nenhum”, às 21h30, na Escola Prof. Júlio Holanda. A noite encerra ao som do DJ Estácio Facó, que abre a programação musical do FNT no Palco da Música, a partir das 23h.

MOSTRA NORDESTE E CEARÁ CONVIDA

Nesta edição comemorativa de 25 anos, do FNT, uma equipe de curadores de diversas linguagens convidou grupos dos nove estados para compor a Mostra Nordeste, resultando em uma programação que abrange as artes da cena. São 11 espetáculos de teatro, circo, dança e música. São eles: “APalhassadamuzikada”, da Turma do Biribinha (AL); “Os cavaleiros da triste figura”, do Grupo Teatral Boca de Cena (SE); “Menu de heróis”, do Canteiro (PI); “A invenção do Nordeste”, do Grupo Teatro Carmin (RN); “Radiola em Transe”, do grupo Criolina (MA); “Como manter-se vivo?”, de Flávia Pinheiro (PE); “Luzir é negro!”, do Teatro de Fronteira (PE); “A sanfonástica mulher-lona”, de Lívia Mattos (BA); “Marlene – Dissecação do corpo do espetáculo”, do grupo No Barraco da Constância tem! (CE); “Nossos Mortos”, do Teatro Máquina (CE); e “Violetas”, da Cia Violetas de Teatro (PB).

Um espetáculo da Bahia também está na mostra Ceará Convida: “Looping: Bahia Overdub”, criação colaborativa dirigida por Felipe de Assis, Leonardo França e Rita Aquino. O trabalho é resultado do agrupamento de artistas independentes, cujas trajetórias atravessam a dança, o teatro e a música. A apresentação será na noite de encerramento do FNT. Para a noite de abertura, o FNT reservou para a mostra Ceará Convida a paulista Companhia do Latão, com o espetáculo “Lugar Nenhum”, comemorativo dos 20 anos do grupo, com dramaturgia e direção de Sérgio de Carvalho.

MOSTRAS PALCO CEARÁ E CPBT/TJA

As artes da cena também se encontram na mostra Palco Ceará, com 11 espetáculos para públicos de todas as idades. A companhia Carroça de Mamulengos, trupe itinerante de formação familiar, criada há 40 anos por Carlos Gomide, sobe a serra com dois espetáculos, “Babauzeiro”, que abre a programação do festival, e “Afilhados do padrinho”, na noite seguinte. O Coletivo Artístico As Travestidas, resultante de uma pesquisa iniciada em 2002 pelo ator e diretor Silvero Pereira, sobre o universo das travestis e transformistas, apresenta “Trans-Ohno”.

O grupo Dona Zefinha, de Itapipoca, inicia no FNT em Guaramiranga a turnê de lançamento do disco “Da Silva – El Hijo de las Américas” (independente/2018), co-produção musical com a banda Pato Mojado (Rosário/Argentina). O disco é resultado do intercâmbio cultural entre os dois grupos para montagem do espetáculo teatral homônimo que estreou em 2016 na cidade de Rosário com apoio cultural do Iberescena.

Também na mostra Palco Ceará o Pavilhão da Magnólia “Maquinista”, montagem tetral realizada a partir do texto de Astier Basílio, com direção de Herê Aquino; Instituto teatro Público com “Geração Trianon – Fortaleza”, texto de Anamaria Nunes com direção de Pedro Domingues; “Grand Finale” do grupo As 10 Graças da Palhaçaria; “Putz, a menina que buscava o sol” da Cia Prisma de Artes; “Devorando Heróis: A tragédia segundo os Pícaros” do Coletivo Os Pícaros Incorrigíveis; “O auto do Rei Leal” do Coletivo Rei Leal; e “A Farsa do Panelada” do grupo Juká de Teatro.

O Curso Princípios Básicos de Teatro (CPBT), do Theatro José de Alencar, leva dois espetáculos ao FNT. “Tempo Zero” e “Re-talho” são criações coletivas de fim de curso das turmas Manhã e Noite 2017/2018, conduzidas durante um ano pelas professoras Juliana Veras e Neidinha Castelo Branco, respectivamente.

FÓRUM, DEBATES E AÇÕES FORMATIVAS

Além das apresentações artísticas, o festival tem um Programa de Formação. A partir do segundo dia acontece o Ciclo de Debates do FNT, sempre a partir das 10h na sede da Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga (AGUA). São conversas abertas sobre conceitos e contextos relacionados nos processos de criação e produção dos grupos e espetáculos da Mostra Nordeste apresentados na noite anterior. São debatedores nesta edição Bel Toledo, Cristina Castro, Felipe de Assis, Gabriel Murilo, Pedro Vilela. A coordenação é de Selma Santiago, Diretora do Theatro José de Alencar.

Nos dias 2 e 3, também na sede da AGUA, acontece o “Fórum FNT Guaramiranga 25+”. Será um espaço de diálogo entre representantes de festivais do Ceará, Bahia, Pernambuco, Minas Gerais e São Paulo sobre a sustentabilidade das artes no contexto dos festivais. Para o FNT, será um momento de pensar os próprios rumos, em reflexão conjunta com os eventos de artes cênicas que participam desta edição, por meio de programadores e curadores.

CENA PLURAL E FNT PARA CRIANÇAS

As artes cênicas produzidas na serra também integram anualmente a programação do FNT, compondo a mostra Cena Plural. São destaques as dramistas, com apresentações nos dias 7 e 8 à noite na Central de Artesanato. Grupos teatrais de Pacoti também estão na mostra com “A revolução dos bichos” e “Identidade”.

Para o público infantil, além de espetáculos livres que integram a Mostra Nordeste, Palco Ceará e Cena Plural, o FNT para Crianças acontece a partir da segunda-feira, dia 3, pela manhã e à tarde, tendo como uma das atrações a atriz e contadora de histórias Paula Yemanjá, com “Contos que encantam”. O Serviço Social do Comércio (SESC/CE) é parceiro do Festival nesta programação.

MÚSICA NO FNT

As noites em Guaramiranga são frias, mas a programação musical vem a calhar com DJs e bandas para aquecer a população, artistas e público do FNT. Entre as atrações, a cantora Jord Guedes, os Tambores de Guaramiranga e a banda Os Transacionais.

Com toda a programação gratuita, o 25º Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga (FNT) é apresentado pelo Governo do Estado do Ceará/Secretaria da Cultura, numa realização da Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga (AGUA), com apoio institucional da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará/Secult, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. Parceria: Prefeitura Municipal do Guaramiranga, através da Secretaria de Cultura e Secretaria de Turismo, e Theatro José de Alencar. Consultoria executiva: Quitanda das Artes. Agradecimentos: Enel.

SERVIÇO

FNT 25 ANOS – 25ª edição do Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga: De 01 a 08 de setembro de 2018 em Guaramiranga, Ceará. Os ingressos para os espetáculos de cada dia serão distribuídos no dia da apresentação, a partir das 14h, na bilheteria do Teatro Municipal Rachel de Queiroz (Rua Joaquim Alves Nogueira, Centro). Informações: (85) 3321-1405, [email protected] fnt.agua.art.br. Facebook e Instagram: fntguaramiranga. GRATUITO.

Carregando