Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Posto Avançado do Detran-MA realiza mais de 12 mil atendimentos na BR-135

A Unidade foi entregue oficialmente à comunidade, na manhã desta segunda-feira (3)

Foto: Reprodução

Proprietários de veículos pesados e usuários do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) que vivem em bairros próximos ao km 3 da BR-135 e nos municípios vizinhos à São Luis contam com o atendimento do Posto Avançado de serviços prestados pelo Órgão na região. A Unidade foi entregue oficialmente à comunidade, na manhã desta segunda-feira (3) e já realizou mais de 12 mil atendimentos.

Além dos serviços de vistoria e emplacamentos de caminhões, ônibus, vans, caçambas, carretas, motocicletas e veículos de passeio, os usuários do Detran-MA que buscam atendimento no Posto da BR-135 têm acesso aos serviços de habilitação, transferência de propriedade, município e UF, e emissão de documentos como Certificado de Registro e Veículos (CRV), e Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV).

O Posto Avançado da BR 135 também dispõe de uma sala exclusiva para a realização da prova digital de exames teóricos para a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O serviço digital já era oferecido pelo Detran-MA em São Luís e nas sedes das Ciretrans de Imperatriz e Balsas, mas, passou a funcionar a partir de hoje, nas unidades de atendimento do Detran-MA em todo o Estado, substituindo as provas teóricas escritas e proporcionando mais celeridade ao processos.

Durante a entrega oficial da Unidade, a Diretora Geral do Detran-MA, Larissa Abdalla Britto, destacou a importância do Posto da BR 135 e os serviços prestados à população. “É uma área estratégica e estruturada para receber veículos pesados, sem problemas com engarrafamento nas vias e estacionamento. Além de oferecer todos os serviços prestados na sede e demais Postos do Detran-MA, a Unidade da BR 135 conta com uma sala exclusiva para exames teóricos digitais de habilitação. O candidato já sai com o resultado da prova, facilitando a vida das pessoas”, explicou Larissa Abdalla.

Carregando