Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Meirelles diz que propostas de candidatos extremistas atrasam crescimento do país

Meirelles disse que vai restaurar a seriedade do comércio e indústria

Foto: Reprodução

Durante caminhada no Brás, tradicional bairro do comércio de São Paulo, o candidato à presidência da República pelo MDB, Henrique Meirelles, disse que se preocupa com propostas equivocadas de alguns candidatos que podem atrasar o crescimento do país.

Segundo Meirelles, isso será resolvido quando o novo presidente for definido em outubro, e quando “candidatos extremistas forem derrotados, o Brasil vai voltar a crescer muito”.

Indagado por jornalistas sobre a queda de 0,2% da produção industrial, puxada pelo recuo na produção de bens de capital como caminhões e máquinas, mas com crescimento de 4% em relação a julho de 2017, Meirelles ressaltou a importância do setor para reaquecer a economia.

“A indústria automobilística teve um melhor desempenho dos últimos anos, isso mostra que a recuperação industrial é forte. Existem pequenos ajustes, mês a mês, que é normal na evolução da produção industrial. O importante é que a tendência é de crescimento e vamos crescer muito mais”, avaliou.

Meirelles ainda disse que vai restaurar a seriedade do comércio e indústria e enfatizou que organizando o país e oferecendo condições de produção, é possível criar 10 milhões de empregos, uma de suas propostas de governo.

Henrique Meirelles estava acompanhado do candidato Paulo Skaf, que concorre pela terceira vez a governador de São Paulo. Eles visitaram fábricas e lojas e conversaram com lojistas da região.

Carregando