Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Geraldo Alckmin defende expansão do comércio exterior no Brasil

Geraldo Alckmin afirmou ainda que irá concluir o acordo do Brasil com a União Europeia e o acordo do Transpacífico

Foto: Reprodução

O candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, afirmou nesta segunda-feira (17) que, se eleito, a política internacional e o comércio exterior serão centrais em seu governo. O tucano defendeu a ampliação de acordos internacionais na área de comércio exterior como forma do Brasil retomar o desenvolvimento econômico e gerar emprego e renda. A declaração do presidenciável foi dada logo após encontro com correspondentes de veículos de comunicação internacionais em Brasília.

“Acabei de me reunir aqui com correspondentes estrangeiros e vou ter uma reunião em seguida com o corpo diplomático, embaixadores, representantes de vários países aqui no Brasil. O Brasil precisa recuperar emprego, retomar a atividade econômica e o caminho de fazê-lo é pisar no acelerador do comércio exterior.”, disse citando o setor da agronegócio do país como exemplo do desenvolvimento, devido a expansão no comércio internacional.

“Pretendo ser um vendedor do Brasil no bom sentido, no sentido de colocar nossos produtos lá fora. Aliás, por que o agronegócio vai muito bem? Porque a agricultura, muito competitiva, coloca o alimento no mundo inteiro. Nós precisamos fazer isso também nos serviços e com a indústria, com mais acordos comerciais, presença no mundo todo”, salientou.

Geraldo Alckmin afirmou ainda que irá concluir o acordo do Brasil com a União Europeia e o acordo do Transpacífico.

“Pretendo rapidamente concluir o acordo com a União Europeia, com os países do TPP, o Transpacífico, países aqui da aliança do pacífico e da Ásia. Esse é o caminho. O Brasil precisa saber jogar o jogo do século 21 e ter uma forte presença internacional para atrair investimento produtivo e para poder exportar, importar e crescer.”, defendeu.

Após coletiva de imprensa, Geraldo Alckmin se reuniu com embaixadores de cerca de 30 países em um almoço para apresentar seu plano de governo para a área internacional do Brasil. Em seguida, foi recebido por militantes e correligionários em uma empresa de reciclagens na cidade Estrutural, região administrativa do Distrito Federal. Durante o ato, Alckmin se comprometeu com ações de sustentabilidade para o Brasil, além de promover o desenvolvimento econômico para combater o desemprego.

Geraldo Alckmin ainda visitou uma creche na cidade, que cuida de cerca de 90 crianças diariamente para suas mães irem trabalhar. A creche conta com ajuda de voluntários e doações. Lá, o candidato reiterou seu compromisso de universalizar o acesso a creches para crianças de 0 a 3 anos de famílias vulneráveis e de zerar a falta de vagas na pré-escola para crianças de 4 e 5 anos.

“O investimento mais importante é aos pequeninos. A educação infantil, a primeira infância é a mais importantes. Nós temos que integrar saúde, educação e desenvolvimento social. Eu quero ser o presidente da primeira infância”., garantiu.

O tucano finalizou agenda numa padaria da região, onde conversou com comerciantes e a população.

Carregando